PUBLICIDADE
Topo

Médico de Johnny Depp revela mensagens sobre Amber Heard: 'Desesperada'

Johnny Depp recebeu permissão para prosseguir com um processo por difamação de US $ 50 milhões contra ex-mulher, Amber Heard - Reprodução/Instagram
Johnny Depp recebeu permissão para prosseguir com um processo por difamação de US $ 50 milhões contra ex-mulher, Amber Heard Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para Splash, em São Paulo

18/04/2022 22h31Atualizada em 18/04/2022 22h31

O médico de Johnny Depp, Dr. David Kipper, participou do julgamento do processo que o ator move contra Amber Heard e revelou mensagens sobre o casamento dos astros.

De acordo com o DailyMail, Kipper foi contratado em 2014 por Depp e o textos de março de 2015, um mês após o casamento. "Olá, c*ralho, tinha outro. Eu não posso viver assim. Ela é tão cheia de m*rda quanto um 'peru de Natal'. Estou farto! Não dá mais! Insultos constantes e vingativos! Você sabe o que é muito mais doloroso do que seu discurso venesoso e degradante? Suas tiradas horríveis e propositalmente dolorosas, e seu tratamento chocante ao homem que ela deveria amar acima de tudo", disse o ator.

"Aqui está a realidade, companheiro: sua obsessão consigo mesma é muito mais importante. Ela é ambiciosa para c*ralho! Ela está tão desesperada por sucesso e fama. Deve ser por isso que fui escolhido. Ela me martelou como o velho triste que eu sou. Eu estou muito chateado", completou.

A terapeuta de Johnny Depp e Amber Heard, Laurel Anderson, também participou do julgamento e descreveu detalhes das consultas do ex-casal. De acordo com o Deadline, a psicóloga contou que os artistas foram vítimas de abuso na infância e que isso refletiu no casamento. "Ele ficou bem controlado por, eu não sei, por quase 20, 30 anos, e ambos eram vítimas de abuso em suas casas, mas eu acho que ele estava controlado há décadas. E com a sra.Heard, seus gatilhos foram ativados e eles se envolveram no que eu vi como um abuso mútuo", afirmou.