PUBLICIDADE
Topo

Samara Felippo diz que amigas perderam papéis por não transar com diretores

Colaboração para Splash, em Alagoas

05/12/2021 11h45

A atriz Samara Felippo, de 43 anos, falou um pouco sobre como funcionava os bastidores da TV e revelou que tem algumas amigas que perderam oportunidades de trabalho por se recusarem a transar com os diretores de novelas.

Felippo, que tem passagens em produções na TV Globo e na Record TV, concedeu entrevista ao apresentador Rafinha Bastos, no podcast "Mais Que 8 Minutos", e explicitou as situações de assédio e outras formas de abuso que eram comuns nos bastidores da televisão.

"Hoje eu olho para trás e vejo os abusos que eu passei. Machismo, coisas que a gente nunca enxergou na época. Vejo amigas que perderam papéis porque não deram para o diretor. Existiu esse lugar. Existiu o lugar onde eu sentei para pegar um papel e a pessoa falou: 'Você ia fazer a protagonista, mas você não tem cara de virgem'. Virgem tem cara?", declarou.

Por fim, Samara Felippo contou que as cenas de assédio se davam desde a passada de mão na coxa da vítima até convites para conversas privadas.

"É um pouquinho esse buraco que a gente vai se enfiando. É uma mão na sua coxa em um jantar, é um 'vem cá conversar só eu e você'", descreveu. "Todo o papel eu tinha que estar dois quilos mais magra. E sempre fui magra. Já vem a pressão estética para a menina", contou.

Samara Felippo foi contratada da TV Globo de 1997 a 2012. Na emissora carioca ela atuou em novelas como "Chocolate com Pimenta" (2003) e "América" (2005). Em seguida, a atriz foi para a Record TV e foi lá que fez seu trabalho mais recente nas telinhas, em "Topíssima" (2019). Atualmente, ela se dedica ao virtual.