PUBLICIDADE
Topo

Ex-editor da Globo detona Ali Kamel após série de demissões: 'Pangaré'

Tonico Duarte fez duras críticas a Ali Kamel, chefe de jornalismo da Globo - Reprodução: Globo/Facebook
Tonico Duarte fez duras críticas a Ali Kamel, chefe de jornalismo da Globo Imagem: Reprodução: Globo/Facebook

Colaboração para Splash, em Alagoas

05/12/2021 08h41

Ex-editor do setor de jornalismo da Globo, Tonico Duarte fez duras críticas ao chefe de comunicação da emissora carioca, Ali Kamel, após a empresa realizar uma série de demissões e dispensar vários jornalistas veteranos, com décadas de casa.

Por meio de seu perfil no Facebook, Duarte se referiu a Ali Kamel como um "pangaré" que sequer "sabe escrever". Segundo o jornalista, devido a falta de talento do executivo com a escrita, ele faz "melodramáticas cartas de despedida" que envia aos profissionais dispensados, e cita como exemplo o caso dos repórteres Renato Machado e Francisco José, que recentemente foram demitidos da Globo.

"As melodramáticas cartas de despedida do Ali Kamel. Como ele não sabe escrever, elas soam como os bolerões cafonas de Carlos Alberto ou Lindomar Castilho. Poderia resumir a coisa pra: 'Tio, está com muito cabelo branco, chegou a hora de comprar um sítio e criar galinhas", iniciou. "Trabalhei com [Alberto] Gaspar, [José] Hamilton Ribeiro, Chico José, Isabela [Assumpção] e Renatão, entre outros. São todos puros-sangues da profissão. Quem os rifa, um pangaré", completou.

Isabela Machado Assumpção, citada por Tonico Duarte entre os dispensados por Ali Kamel, comentou na publicação do ex-editor, e revelou que, ao ser demitida, o executivo da Globo sequer lhe enviou uma carta de despedida ou agradecimento pelo tempo de serviço. Ela trabalhou na emissora por 41 anos.

"Não recebi nenhuma carta do Ali. Nem poderia! Afinal, nesses anos todos, todas as vezes que nos encontramos, em São Paulo ou no Rio, ele sequer me deu um oi. Seguiu em frente, com o olhar perdido no deserto, sem me olhar. Acho que esperava que eu me prostrasse aos pés dele, dizendo Alá seja louvado! Mas eu não fiz não! Então, sem olá nem adeus! Melhor assim, mais verdadeiro, de ambas as partes".

Demissões

Demitidos no último dia 30, os jornalistas Renato Machado e Francisco José tinham mais de 40 anos de trabalho na TV Globo.

A dupla faz parte de uma lista que também traz outros nomes importantes da Globo que encerraram a parceria de trabalho recentemente. Uma das principais causas apontadas pela empresa é a redução de custos para amenizar a crise gerada pela pandemia da covid-19.