PUBLICIDADE
Topo

Duas festas e três brigas: as tretas de Deolane Bezerra em menos de um mês

De Splash, em São Paulo

23/11/2021 04h00

O sucesso recente de Deolane Bezerra está acompanhado de comemorações e muita confusão. A viúva de MC Kevin, funkeiro que morreu aos 23 anos em maio deste ano, está envolvida em três brigas após os dois eventos que protagonizou em menos um mês.

Além de celebrar o aniversário de 34 anos com uma comemoração que reuniu famosos e custou cerca de R$ 4,5 milhões, segundo a própria, a advogada também lançou a sua carreira musical com um evento que também deu o que falar.

A "doutora" é amiga de diversos famosos, entre eles Carlinhos Maia e Virginia Fonseca. Ela acumula mais de 13 milhões de seguidores no Instagram.

Discussão com influencer envolve funkeira e ex-BBB

Durante a comemoração do aniversário de Deolane, um "barraco" entre uma influenciadora digital e uma ex-BBB acabou se tornando o principal assunto da festa, e ganhou os holofotes.

Uma das envolvidas no "barraco'' da festa é Adélia Soares. A também advogada participou do "BBB 16" e foi a sétima eliminada na edição do reality show da Globo. Ela também se candidatou como deputada federal nas eleições de 2018, mas não conseguiu o cargo.

A confusão começou quando Adélia tentou evitar o encontro entre MC Mirella e a influenciadora digital Rayane Cassemiro. Elas brigaram anteriormente por Rayane afirmar publicamente que viu a cantora beijando João Guilherme antes de pedir o divórcio de Dynho Alves, participante de "A Fazenda 13".

A ex-BBB apontou que a influenciadora digital estava no local como "penetra". Rayane, que também é modelo do OnlyFans aos 23 anos, disse ter sido agredida por Adélia no local e negou a expulsão da festa de aniversário.

Deolane Bezerra acusou Rayane pelas redes sociais de ter entrado na festa de penetra. A influencer respondeu dizendo que foi convidada pelos "assessores da doutorinha" e chamou Deolane de "advogada chave de cadeia".

Resposta após vídeo de MC Hariel

A discussão entre a "doutora" e MC Hariel começou após uma indireta do artista nas redes sociais. Ele nega que o recado era direcionado para a viúva de MC Kevin.

"O funk está virando palhaçada mesmo, certo? Influencer que não tem nem influência, todo mundo querendo virar DJ, todo mundo querendo virar não sei o quê... E os 'moleque' na favela 'tão' ficando cada vez mais desamparado", disse o artista em uma live.

Os comentários aconteceram após Deolane Bezerra anunciar uma música em homenagem a MC Kevin. O single foi lançado na última sexta-feira (19).

"Esse pessoal cai de paraquedas e quer virar funkeiro, caralh*... Não dá para entender, né? Mas é isso, família. Que Deus me dê sempre o dom de escrever, o dom de cantar para eu poder fazer uma música da hora", completou MC Hariel na sequência.

Em resposta nas redes sociais, Deolane afirmou que o artista queria "causar polêmica para promover a sua música" e também destacou "não ter medo de quem veio da favela".

Você querendo ou não, eu vou ser DJ, eu vou ser cantora, eu vou ser MC, eu vou ser tudo o que eu quiser. Porque mulher pode ser o que ela quiser, tá bom?
Deolane Bezerra

Após a resposta, MC Hariel afirmou que, na verdade, a crítica era ao jornalista Luiz Bacci, da Record TV, que costuma criticar funkeiros e associar o funk ao tráfico em seu programa — mas estava presente no aniversário de Deolane.

Ator relata agressão de seguranças

O segundo grande evento protagonizado por Deolane nos últimos 30 dias foi o "Baile da Doutora", estreia da advogada nos palcos como DJ e cantora.

E o evento, realizado no último sábado (20) também ficou marcado por uma confusão. O ator Enrico Borin publicou alguns vídeos da briga com um segurança nas redes sociais.

Enrico disse que foi acusado de roubar um boné durante o evento e abordado de forma violenta, com outros convidados chegando a intervir para tentar ajudá-lo. Ele alega que chegou ao local com o acessório.

Deolane disse que soube da confusão duas horas depois e questionou se sua produção prestou apoio a Enrico. Ela reforçou que recebeu uma resposta positiva — versão contestada por Enrico.

Doutora lamenta confusão em baile de estreia

Deolane Bezerra se posicionou e lamentou a confusão ocorrida entre o ator e o segurança em sua estreia. Ela se manifestou nos Stories do Instagram destacando que não está ignorando o que aconteceu.

Saí de lá com a sensação de dever cumprido. Mas sim, tivemos um contratempo. Não esqueci, não estou passando pano, fazendo vista grossa. Os fatos estão sendo apurados, não compactuo com violência. Nunca compactuei e não vai ser agora. Vocês sabem do carinho que tenho pelo meu público, atendo todo mundo da melhor forma.
Deolane Bezerra

A DJ também lamentou a repercussão negativa por conta da confusão. "Façam outras críticas construtivas para que eu melhore. Mas falar que o evento foi marcado por pancadaria, estão mentindo".

Enrico Borin rebateu em seguida afirmando que não recebeu mensagens da equipe de Deolane e revela ter sido ameaçado pelo segurança. "Ele disse que ia me pegar aqui fora", lembrou.

"Na câmera ligada todo mundo é bonzinho. Eu era fã, mas depois dessa patifaria minha irmã quase morreu, minha mãe poderia ter morrido. Deram apoio na hora, mas depois não mandou mais nada não", respondeu.

Além de Deolane, o grupo Pixote e o funkeiro Livinho, além de MC Davi, um dos intérpretes de "Bipolar", também participaram do "Baile da Doutora", abrindo o evento. O festival aconteceu na Arena Estaiada, na zona sul de São Paulo.