PUBLICIDADE
Topo

Wesley Safadão e a mulher são indiciados por vacinação irregular no Ceará

Thyane Dantas e Wesley Safadão foram vacinados em Fortaleza, Ceará - Reprodução/Instagram @thyane
Thyane Dantas e Wesley Safadão foram vacinados em Fortaleza, Ceará Imagem: Reprodução/Instagram @thyane

De Splash, em São Paulo

29/09/2021 19h40

A Polícia Civil indiciou o cantor Wesley Safadão e a mulher, a influenciadora digital Thyane Dantas, por irregularidades na vacinação contra a covid-19 em Fortaleza, no Ceará.

A informação confirmada ao UOL pela SSP-CE (Secretaria de Segurança Pública do Ceará) aponta que o casal e mais cinco pessoas podem responder na Justiça por peculato e infração de medida sanitária.

O inquérito foi enviado e será analisado pelo TJCE (Tribunal de Justiça do Estado do Ceará).

A Polícia Civil do Ceará (PC-CE) concluiu, nesta quarta-feira (29), o inquérito policial que investigava a vacinação irregular da esposa de um cantor, em um shopping no bairro Jóquei Club, em Fortaleza. No total, oito pessoas foram indiciadas no inquérito policial, sendo sete delas, incluindo o cantor e a esposa, pelos crimes de peculato e por infração a determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa, cujas penas somadas podem chegar a treze anos de prisão.

O comunicado também informa que a assessora e produtora do músico, Sabrina Tavares, pode responder por infração de medida sanitária. Três servidores públicos do município foram responsáveis por facilitar a vacinação de Safadão e Thyane.

Os três servidores agiram, de acordo com o apurado, de maneira voluntária e deliberada, sem qualquer tipo de ciência, autorização ou conivência por parte da SMS de Fortaleza, a qual, inclusive, prestou todo apoio à investigação da Delegacia de Combate à Corrupção. No total, 19 pessoas foram ouvidas durante as apurações policiais.

A Secretaria de Segurança Pública destacou que, durante as investigações, não foram colhidos elementos que provam alguma vantagem financeira entre as partes envolvidas.

A assessoria de imprensa de Wesley Safadão e Thyane Dantas optou por não se manifestar sobre o caso.

Investigação da vacinação de Safadão e Thyane

Thyane Dantas recebeu a vacina contra a covid-19 sem estar na faixa etária determinada pela Prefeitura de Fortaleza em julho. Ela também não estava cadastrada para receber a vacina, prática utilizada no município para regulamentar a vacinação.

Na ocasião, a assessoria do casal afirmou que a dose de Thyane teria sido da "xepa", o que foi desmentido pela prefeitura.

Após a constatação, o MPCE (Ministério Público do Estado do Ceará) também abriu investigação sobre a imunização de Safadão por suspeita de que o cantor teria mudado o local em que sua vacinação estava agendada com intuito de escolher o imunizante.

Safadão e Sabrina estavam agendados para serem vacinados no dia 8 de julho no Centro de Eventos do Ceará, mas foram a outro posto de vacinação, o mesmo em que Thyane recebeu a vacina da Janssen.

Ambos prestaram depoimentos sobre a suposta vacinação irregular na Delegacia de Combate à Corrupção, em Fortaleza.