PUBLICIDADE
Topo

Dá pra contar nos dedos as artistas negras no mainstream, diz Tássia Reis

Tássia Reis no B-Side Studio, espaço de experimentos musicais  - Divulgação
Tássia Reis no B-Side Studio, espaço de experimentos musicais Imagem: Divulgação

De Splash, em São Paulo

28/10/2020 16h39

A cantora Tássia Reis afirmou que é possível contar nos dedos de uma mão as artistas negras em destaque na cultura de massa.

"Quantas artistas negras existem no mainstream atualmente? Pense rapidamente e você vai perceber que conseguimos contar nos dedos de uma única mão", afirmou Tássia em entrevista à Vogue.

A rapper dona de sucessos como "Me Diga", "Ansiejazz" e "Dollar Euro" tem se destacado no cenário musical como nome forte da cultura musical negra no Brasil. Tássia reconhece que seu trabalho afrocentrado tem influenciado outras pessoas negras.

"Não tenho como determinar se sou ou não referência para outras pessoas, mas é impossível ignorar as incontáveis mensagens que recebo sobre como minhas canções mudaram ou inspiraram a história de alguém", contou.

Ser referência não é só desenvolver algo novo, mas trazer relevância para o que se está criando. É ampliar visões e possibilidades de vivências.

Inspirações no estilo

Formada em moda, Tássia afirmou à Vogue que busca inspiração em outras grandes referências negras de estilo, como Ciara, Lauryn Hill, Erykah Badu e Destiny's Child, além da influência vinda dos pais.

"Meus pais sempre foram muito modernos na forma como se expressavam. Minha mãe buscava inspirações em revistas e sempre pedia para uma costureira recriar os modelos. Até hoje guardo peças de roupas dela comigo", explicou.

A paixão pela moda floresceu a ponto de a cantora criar a sua própria marca de roupas, a Xiu!.

"Agora, tenho olhos mais maduros para observar esse sonho antigo e a partir disso, reativar a marca com uma nova experiência, para mim e para quem a usa. Para isso, contei coma ajuda também de uma ótima equipe: a gerente de produção e modelista Michele Cazuza e o artista Fábio Gonçalves, responsável pela estamparia das peças", relatou.