Topo
ANÁLISE

Galvão se irrita com transmissão do futebol nos Jogos Olímpicos e tem razão

Irritação de Galvão Bueno faz todo sentido Imagem: Reprodução/TV Globo
exclusivo para assinantes
Leandro Carneiro

Colunista do UOL

24/07/2021 09h56

Começar o dia ouvindo o Galvão Bueno transmitindo jogo da seleção brasileira deveria ser patrimônio histórico do Brasil. Foi assim no empate do Brasil por 3 a 3 contra a Holanda. Mas o que chamou a atenção hoje foi a corneta do narrador com as gerações de imagens do duelo, com toda razão.

Galvão Bueno perdeu o segundo gol da Holanda, quando a seleção europeia abriu 2 a 1 no placar. A culpa foi dele? Não. Como está no Brasil, ele depende da geração das imagens.

O problema é que a TV contratada pelo COI estava preocupada demais mostrando o replay da jogada anterior. Quando voltou para o ao vivo, a bola já estava entrando no gol de Bárbara.

Na sequência, o narrador se incomodou com as imagens do pênalti que deu ao Brasil o empate do jogo.

"É uma transmissão pouco explicativa. O que está acontecendo? A responsabilidade é da TV contratada pelo Japão. Agora dá para ver que foi pênalti", cornetou o narrador enquanto todos ficavam na dúvida se havia sido falta ou pênalti.

Realmente, Galvão tinha razão. A transmissão da TV japonesa, não só pelo gol perdido, foi muito confusa. Não tivemos nenhum esclarecimento sobre o VAR que marcou a penalidade.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Galvão se irrita com transmissão do futebol nos Jogos Olímpicos e tem razão - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL