PUBLICIDADE
Topo

Como casa de chácara abandonada ganhou estilo americano, sem gastar fortuna

Muitos perrengues depois, a cozinha idealizada com o estilo que os moradores queriam - Arquivo Pessoal
Muitos perrengues depois, a cozinha idealizada com o estilo que os moradores queriam Imagem: Arquivo Pessoal

Carol Scolforo

Colaboração para Nossa

23/06/2022 04h00

Morando em uma São Paulo acelerada, a estilista Thainara da Silva Oliveira e o marido, Keven Gustavo Bueno, tinham em mente o centro da cidade para seu futuro juntos. Bastou um convite inusitado em 2019, para mudar tudo: o pai dela, dono de uma chácara em Franco da Rocha, região metropolitana de São Paulo, sugeriu que eles fossem morar lá, já que o lugar estava ocioso.

Os dois não imaginavam que gostariam tanto da ideia. Havia no terreno uma casinha antiga, abandonada, mas o dinheiro era curto para demolir e erguer outra do zero. A solução? Encarar uma reforma.

Thainara e o marido, Keven - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Thainara e o marido, Keven
Imagem: Arquivo Pessoal

Só tem um problema: as referências que Thainara tinha nas pastinhas para sua casa dos sonhos eram de estilo americano, vindas de blogs e perfis de Instagram elegantésimos, para delírio dos envolvidos na obra.

Sempre tive esse estilo em mente. Desde que morava em uma casa muito simples, já fazia assim".

Sala de estar com lareira - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Sala de estar com lareira
Imagem: Arquivo Pessoal
Esquadrias sonhadas por Thainara - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Esquadrias sonhadas por Thainara
Imagem: Arquivo Pessoal

Mas se ela ri hoje, quase chorou ao ver três gesseiros desistirem de fazer sua lareira, ou ao ter de explicar que queria um padrão diferente do que se faz no Brasil. "Muitos profissionais cobravam o dobro do valor para evitar o serviço. Mas bati o pé porque queria desse jeito e finalmente encontrei quem fizesse", ri.

Durante a reforma: a base da casa antiga foi aproveitada - Reprodução Instagram - Reprodução Instagram
Durante a reforma: a base da casa antiga foi aproveitada
Imagem: Reprodução Instagram
E após a reforma: a realização do 'sonho estilo americano' - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
E após a reforma: a realização do sonhado estilo americano
Imagem: Arquivo Pessoal

Valeu a pena. Hoje, a casa de 200 m² tem três quartos e closet — um deles é seu ateliê de costura. Thainara está à frente da marca de lingeries personalizadas Melyssa Hills, tem os armários americanos que sonhava e as esquadrias que via maravilhada no Pinterest.

Cozinha - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Cozinha
Imagem: Arquivo Pessoal

"Pelas vias normais, seria uma fortuna fazer essas esquadrias. Mas conseguimos muito desconto na parte de serralheria, pois meu marido trabalha com isso. Tudo aqui é uma troca e conseguimos com ajuda de outras pessoas", conta, feliz.

Sala de jantar - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Sala de jantar
Imagem: Arquivo Pessoal

Agora que a maior parte da construção chegou ao fim, a decoração se desenha aos poucos, tudo à mostra no perfil @casadechacara0. "É muito gratificante o que conquistamos. Nunca imaginamos ter isso, foi fruto do nosso trabalho mesmo. Meu marido não estudou, abriu uma empresa e conseguiu chegar onde chegou. A casa reflete muito esse nosso esforço", diz.

O casal, com seis cães, nem pensa em voltar para São Paulo. "Aqui não passa nem ônibus, é bem roça mesmo. Vou à cidade duas vezes na semana, mas não quero outra vida."

Quarto do casal - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Quarto do casal
Imagem: Arquivo Pessoal
Banheiro - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Banheiro
Imagem: Arquivo Pessoal

Dicas da Thainara para ter "a casa dos sonhos" sem gastar fortuna

  • Planeje muito. "Tenha sua pastinha com as referências e pesquise bem valores. Conseguimos peças que eram muito caras por preços muito mais baratos indo aos outlets de lojas de departamento e trocando serviços com outras pessoas."
  • Prefira os marceneiros. "O marceneiro salvou minha vida, por isso prefiro eles que as lojas de móveis planejados. O bom é que dá pra negociar também: quanto mais itens fecharmos, o preço melhora".
  • Garimpe no Brás. "Para quem é de São Paulo, vale um passeio no Pari. Comprei meus itens de cozinha lá: talheres, galheteiros, decoração, potes de mantimentos... compensa comprar lá, é muito melhor do que ficar só na internet."
  • Sem ansiedade. "Quem faz tudo com pressa não faz como queria e muitas vezes refaz depois. Tem que ter calma para pesquisar bastante. No momento eu quero "a cadeira dos meus sonhos" e estou esperando encontrar essa cadeira. Sei que é caro, mas vou aguardar e juntar dinheiro para ter."

@s que me inspiram

@magnolianetwork

“Muita inspiração aqui veio da Magnólia. O lustre da sala foi totalmente inspirado pelas reformas dela e pesquisei à beça para encontrar. Além de ter um programa sobre reformas, ela tem um canal com séries de casa que eu amo.”

@studiomcgee

“Esse eu conheci pelo Netflix. Esse estúdio tem uma série de reformas bem legal, que trouxe muitas referências pra minha casa.”