PUBLICIDADE
Topo

Famosa no Natal, bico-de-papagaio espalha cor pela casa durante o ano todo

Poinsétia, bico-de-papagaio ou flor-de-Natal é planta famosa no Brasil o ano inteiro - Getty Images
Poinsétia, bico-de-papagaio ou flor-de-Natal é planta famosa no Brasil o ano inteiro
Imagem: Getty Images

Janaína Silva

Colaboração para Nossa

19/02/2022 04h00

Conhecida também como poinsétia, bico-de-papagaio e flor-de-Natal, a Euphorbia pulcherrima ganhou popularidade durante as Festas no Hemisfério Norte. Aqui no Brasil, elas fazem sucesso e colorem a casa durante o ano todo.

A planta de origem mexicana possui uma vasta lista de curiosidades. Por exemplo: as partes vistosas e coloridas não são flores e, sim, folhas, chamadas brácteas que ajudam a chamar a atenção dos polinizadores, já que suas flores amarelas são pequenas e encontradas no centro das brácteas.

O nome poinsétia é uma homenagem a Joel Roberts Poinsett (1775-1851), um jardineiro, botânico e diplomata da Carolina do Sul que foi embaixador no México em 1824, creditado por levar a planta do México aos Estados Unidos, que comemora em 12 de dezembro seu dia nacional.

Bico-de-papagaio é plantinha cercada de curiosidades - Getty Images - Getty Images
Bico-de-papagaio é plantinha cercada de curiosidades
Imagem: Getty Images

"Nos EUA são consideradas plantas anuais. No Brasil, são perenes, sendo possível cultivá-las o ano inteiro, em jardins ou em vasos no interior das residências", explica Ruchele Coan (@ruxcoan), engenheira agrônoma e neurodesigner.

Além disso, elas precisam de sol e noites mais longas para florescer, condições ideais que encontram ao norte do globo.

Para atingirem a coloração avermelhada ou outras, como branco, rosa ou amarelo — que foram desenvolvidas por hibridação —, na mesma época no Brasil, elas têm a floração estimulada artificialmente em ambientes controlados.

Como cuidar

Uma dica para manter as brácteas sempre com seus tons intensos, é envolver o vaso em plásticos escuros, como um domo, não deixando que o material tenha contato com as folhas e permitindo, também, a ventilação, sempre à noite, por 12 horas.

Poinsétia é rústica e resistente - Getty Images - Getty Images
Poinsétia é rústica e resistente
Imagem: Getty Images

O arbusto semilenhoso chega a atingir de 2 a 3 metros de altura e é possível podá-lo para a formação de ramagem mais compacta. A espécie é rústica, resistente quando mantida em condições favoráveis e propaga rapidamente.

O biólogo Leandro Cardoso Sinis (manualdeorquidea.com) enumera as pragas que costumam atacar a poinsétia, como fungos causadores da podridão cinzenta (Botrytis cinerea) e fusariose (Fusarium). Além de alguns insetos, como a mosca branca (Bemisia tabaci).

A flor-do-Natal gosta de luz plena, sendo importante que receba bastante luminosidade ao longo do dia.

Se não for possível, pode permanecer exposta à iluminação indireta, ao lado de uma janela, por exemplo", orienta Leandro.

Ela prefere temperaturas amenas entre 18ºC e 30ºC. Dentro de casa, mantenha-a longe do ar-condicionado. "As altas temperaturas encurtam a vida útil das brácteas coloridas, enrolando-as", descreve Ruchele.

Irrigação da poinsétia deve ser controlada - Getty Images - Getty Images
Irrigação da poinsétia deve ser controlada
Imagem: Getty Images

A irrigação deve ser feita apenas quando o solo estiver seco, deixando-o úmido e não encharcado.

Já a fertilização deve ser realizada de três em três meses com adubo foliar; suspende-se esse processo na época de florescência.

Durante a florada, ela não apresenta grandes quantidades de folhas verdes para realizar a fotossíntese e já terá toda a energia em estoque para manter suas flores", esclarece Leandro.

Se ainda tiver o exemplar adquirido para a decoração natalina, transfira-o para um novo vaso com furos para drenagem e siga as recomendações para que o bico-de-papagaio possa manter-se vistoso e continue ornamentando sua casa.

Atenção para a seiva

No Brasil, ela foi muito usada nos anos de 1940 a 1960, no paisagismo rural, como cercas-vivas.

Cuidado com animais e crianças: a poinsétia pode ser tóxica - Getty Images/iStockphoto - Getty Images/iStockphoto
Cuidado com animais e crianças: a poinsétia pode ser tóxica
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Durante muito tempo, elas foram consideradas tóxicas, pois seus ramos bastante frágeis ao serem quebrados liberam seiva branca leitosa que, ao entrar em contato com as mucosas, provoca irritações. Assim, pela reação é preciso atentar com a presença de crianças e pets nos ambientes, mantendo-as em locais mais altos e de difícil acesso.

Em espaços abertos, os animais maiores, incluindo bovinos e equinos, demandam mais cuidados pela quantidade de planta que podem ingerir equivocadamente, provocando diarreias.

Caso ocorra o contato com a boca, olhos e pele, é indicado lavar bem a região com água em abundância para remover a seiva.