PUBLICIDADE
Topo

"Sou vegano, mas esta jaqueta de couro faz parte da minha história"

Jaqueta feita pela irmã de Allan, que possui uma marca de roupas, já o acompanhou por viagens sendo a protagonista do seu guarda-roupas - Arquivo Pessoal
Jaqueta feita pela irmã de Allan, que possui uma marca de roupas, já o acompanhou por viagens sendo a protagonista do seu guarda-roupas Imagem: Arquivo Pessoal

Allan Strapasson em depoimento a Marilia Marasciulo

Colaboração para Nossa

25/10/2021 04h00

Allan Strapasson

Allan Strapasson

Profissão

Publicitário e fotógrafo

Minha roupa com história é

Jaqueta de couro feita pela minha irmã

Se você tivesse que escolher um único casaco para carregar pelo mundo, qual seria? Há dois anos, tive que tomar essa decisão. Trabalho como publicitário e fotógrafo e, em 2020, eu e meu namorado, que é médico e investidor financeiro, decidimos virar nômades digitais. Para isso, precisei reduzir todos os meus pertences pessoais. Hoje, tudo o que tenho cabe em uma mala e essa é a única jaqueta que carrego por aí.

Quando ganhei o casaco da minha irmã Helen, há uns quatro ou cinco anos, sabia que ele era especial. Ela é designer de moda e tem uma marca de roupas, a Gabardina, e fez a jaqueta especialmente sob medida para mim. Mas eu tinha tanta roupa no armário, que acabava não usando muito ela.

Ele é verde, que é minha cor favorita, e feito de um couro super leve e maleável, cabe facilmente na mala. Apesar de leve, é um ótimo isolante térmico, e é de um material que dura muito, além de ser bem versátil. Dá para usar tanto em festas ou jantares mais formais, quanto por cima de roupas de academia.

Uma das minhas combinações favoritas é com calça kháki caramelo ou verde mais escuro, camiseta, e tênis de corrida. Adoro esse look que fica entre o casual e o esporte."

Allan com a jaqueta de couro verde durante uma de suas viagens pelo mundo - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Allan com a jaqueta de couro verde durante uma de suas viagens pelo mundo
Imagem: Arquivo Pessoal

O mais irônico, porém, é que quando fiz a escolha de ter essa jaqueta como único casaco, eu estava na transição do vegetarianismo para o veganismo. Então a decisão de mantê-la foi bem grande, porque veganos não consomem nada que tenha origem animal. Mas aí pensei que não faria o menor sentido descartá-lo. Não só por todo aspecto emocional de ter sido feito com muito carinho pela minha irmã, mas porque aí eu teria que comprar outra peça para substituí-lo. Aproveitá-lo ao máximo seria muito melhor.

É o que tenho feito. Ele já me acompanhou em viagens para o Reino Unido, França, Itália, Grécia e agora estamos nos Estados Unidos.

Peça acabou se tornando uma companheira de viagem do publicitário - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Peça acabou se tornando uma companheira de viagem do publicitário
Imagem: Arquivo Pessoal

E com isso ele ganhou todo um outro significado, virando um lembrete de que ninguém é perfeito: às vezes as pessoas pensam "não vou virar vegetariano, porque amo bacon". Mas não tem problema, vira vegetariano e só come bacon, cortar todo o resto já vai ter um impacto positivo muito bom. Todo mundo deveria ser encorajado a pensar assim.

Esse casaco, por mais que não seja a peça 100% sustentável que eu queria ter, faz parte da minha história. Estou sendo imperfeito na minha luta para ser vegano, mas estou na luta. E sendo acolhido pela jaqueta de couro que ganhei da minha irmã.

Como usar

Monocromático

O verde, especialmente em suas versões militar ou musgo, é um tom neutro cheio de personalidade que deixa qualquer produção estilosa e fresca. Um truque é apostar no tom-sur-tom ou combiná-lo a cores complementares.

Versátil

A jaqueta de couro (verdadeiro ou sintético) é um curinga do guarda roupa feminino e masculino. Combina com ternos, jeans e até roupa de ginástica. Para tirá-la do óbvio, aposte em cores não-tradicionais, como o vermelho.