PUBLICIDADE
Topo

Casa que já foi um galpão abandonado ganha vida com encantos simples

Mesa no quintal, um dos cantos favoritos da casa de Katiane - Arquivo pessoal
Mesa no quintal, um dos cantos favoritos da casa de Katiane Imagem: Arquivo pessoal

Carol Scolforo

Colaboração para Nossa

29/04/2021 04h00

Acredite, essa casa já foi um galpão para estocar ferramentas neste sítio que fica em Alto do Rodrigues, no sertão do Rio Grande do Norte. Sorte a dele ser encontrado pela dona de casa pernambucana Katiane de Araújo Soares, que parou ali há quatro anos acompanhada do marido, Antônio Celso, e da filha Nycoli, quando ele estava em busca de novas terras para plantar.

Em meio ao verde vivo, em vez de construir, resolveram aproveitar o galpão e adaptá-lo com dois quartos. Entre a sala e a cozinha não há paredes. Madeiras expostas, parede de tijolinhos aparentes e prateleiras que deixam tudo à mão se tornaram um estilo de vida por necessidade, já que não tinham muitos recursos na época.

A gente não tinha nada, foi tudo adaptado mesmo. A mesa da cozinha era de carretel de madeira, o paneleiro era uma escada com prateleiras e aos poucos fomos mudando tudo."

Antes, eles haviam morado em uma casa feita de barro, quando perceberam que não precisavam de muito para serem felizes.

Café com afeto

Katiane no quintal - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Katiane no quintal
Imagem: Arquivo pessoal

Se tem um luxo para Katiane e Antônio é tomar café. "Sempre quis ter um gramado pra tomar café da tarde ao ar livre. E um dia pensei que podia aproveitar o espaço verde que temos para isso, montando uma mesa gostosa lá fora, como antigamente se fazia", diz ela, que começou a compartilhar no perfil @katinycoli suas mesas fartas.

Assim começaram a vir os seguidores, apaixonados pelo estilo simples e pelos toques afetivos do décor. "Muita gente pergunta se trabalho com mesa posta, mas não. Sou dona de casa e meu marido cuida da plantação, do jardim", conta Katiane, que já comandou uma loja de roupas infantis e hoje prefere a rotina que leva.

Ela curte mesmo agregar pessoas e inspirar, como permite o Instagram. "É onde eu sinto que todos fazem parte desse meu jardim", conta. À mesa tem sempre peças antigas, flores e café fresco. "Prefiro tomar café numa xícara que tenha histórias. Gosto de espalhar pela casa lembranças como fotos de quando éramos crianças, e coisas simples, que transmitem paz."

Nycoli no quarto - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Nycoli no quarto
Imagem: Arquivo pessoal

A essência

Katiane se inspira nas casas de avó, com um olhar atual. "Nunca fiz curso de nada. Gosto mesmo de encontrar coisas antigas e de olhar o que há de legal no Instagram. Mas sempre que me perguntam qual o segredo daqui, eu digo: colocar amor." É o que tem em todos os ângulos.

Banheiro ao fundo - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Banheiro ao fundo
Imagem: Arquivo pessoal
Detalhe da parede - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Detalhe da parede
Imagem: Arquivo pessoal

Dicas de Katiane para dar alma à casa

  • Coloque amor. "Recebo muita mensagem perguntando o segredo das minhas mesas. Indico colocar as louças que você tem - aqui vem tudo da nossa família. Coloca uma boa toalha, flores, e pronto.";
  • Garimpe. "As cadeiras da cozinha são garimpadas de lojas de antiguidades de Recife, escolhidas pelas lembranças afetivas da casa da minha sogra. Nada mais que isso, simplicidade.";
  • Mostre tudo. "Não queria móveis com gavetas demais, gosto das coisas à mostra. Nas gavetas a gente esquece o que tem e acaba não usando. Guardo muitas coisas em cestas";
  • Use o que tem. "Uso todas as minhas louças, não faz sentido guardar para datas especiais. Nem os potes de mantimentos eu escondo, tudo aqui fica à mostra mesmo."

@s que me inspiram

@um_canto_rustico

"Encontrei a Gisele no Instagram e começamos a compartilhar momentos bons e ruins, encorajamentos e uma porção de coisas que me fizeram seguir em frente. Virou uma irmã pra mim, até já choramos juntas."

@ ap_jbk

"A Janice encoraja a mulher a colocar a mão na massa como ela, que usa ferramentas pesadas. Ela inspira a não se abalar com nada e a enfrentar qualquer problema, com ótimos ensinamentos para quem estiver na deprê. Admiro demais."