PUBLICIDADE
Topo

Plantas esculturais, cara retrô e estantes suspensas brilham em apê alugado

Marco Bernini - Arquivo Pessoal
Marco Bernini
Imagem: Arquivo Pessoal

Carol Scolforo

Colaboração para Nossa

19/11/2020 04h00

Apartamento alugado é difícil de decorar? Veja essa: o empresário Marcos Bernini se mudou em janeiro para este apê de 120 m² no centro de Curitiba (Paraná) - junto dele, o namorado Willian, os três gatos e as mais de 150 plantas colecionadas por eles.

Acontece que a família precisava de prateleiras na cozinha, para deixar tudo à mão e cozinhar de forma prática. Mas a parede de azulejos não poderia ser furada. Em vez de cruzar os braços, eles compraram tábuas, cordas e ganchos, que foram presos no teto. Pronto: uma estante boa, bonita e barata surgiu.

Nos outros ambientes, as plantas reinam. O imóvel, aliás, foi escolhido pelo espaço que oferecia às espécies e pelas grandes janelas, que permitiam boa entrada de luz natural para elas.

"Em Curitiba temos muitos dias nublados e úmidos. Quando vimos esses janelões, nem pensamos muito. Era um verdadeiro achado", diz Marcos.

Plant parent, que nada...

Marcos Bernini e o namorado, Willian - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Marcos e o namorado, Willian
Imagem: Arquivo Pessoal
A sala de estar do apartamento do casal - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
A sala de estar do apartamento do casal
Imagem: Arquivo Pessoal

Toda essa paixão vai além. No meio do caos da pandemia, mais precisamente no dia 13 de maio, Marcos deixou para trás o cargo de gerente de loja para tornar-se empresário. Realizou um sonho e abriu a loja @argilabotanica, onde comercializa plantas. Em casa e no trabalho ele vive cercado por verde.

Nunca tive a sensação que tenho aqui, de querer estar em casa. Adoro ficar no sofá, à meia-luz, ouvindo vinil e curtindo as plantas."

Garimpos e mix descolado

Na sala, móveis como o aparador e a mesa de jantar foram comprados em antiquário. "Gosto dessa mistura de antigo com o novo. Ela precisa acontecer para dar personalidade."

Repare na parede: peneiras de palha e cestarias, além de peças de macramê compõem um décor descolado. Em outro canto, uma coleção de cactos escultóricos.

Olhe mais e encontre um laboratório com plantas em redoma. Na urban jungle, Marcos e Willian se sentem realizados. "É a nossa primeira casa juntos e somos felizes ao ver que tudo aqui tem nossa história", contam.

Dicas do Marcos para decorar um alugado economizando

Marco Bernini compartilha alguns conselhos para a decoração do apê - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Marcos Bernini
Imagem: Arquivo Pessoal
  • Conhece-te a ti mesmo. "Saiba quais são as suas necessidades em casa e invista em espaços que te fazem bem. Aqui queríamos uma academia, então usamos um quarto só pra isso. Em outro temos um escritório.";
  • Não pense no problema, enxergue soluções. "Encare o faça-você-mesmo e vá atrás de colocar prateleiras, se for preciso. No meu caso, não podia furar os azulejos e coloquei no teto. Não tem segredo pra fazer e é bem legal contar para os amigos que a gente fez.";
  • Garimpe sem medo. "Fazer isso ajuda a trazer originalidade. Tenha paciência e encontre móveis aos poucos, sem pressa. A casa vai ficar mais legal.";
  • Plantas: elas precisam do lugar certo. "Sempre busco agrupá-las pelo movimento e pensando na profundidade, mesclo cores (as exóticas ficam juntas, por exemplo). Mas antes de tudo, pense na iluminação que elas precisam. A necessidade da planta vem em primeiro lugar para que ela fique bonita."

@s que me inspiram

@urbanjungleblog

“É o perfil que mais gosto sobre plantas, me identifico com os conteúdos e acho muito legal os autores serem acessíveis e interagirem com o público.”

@matheusilt

“Matheus é de Curitiba, tem um perfil bem mão-na-massa e é gay, por isso me identifico tanto. Adoro a praticidade e o jeito descomplicado com que ele faz as coisas.”