PUBLICIDADE
Topo

'São poucos os bons humoristas no TikTok', diz Zeca Camargo sobre a rede

De Nossa

23/08/2020 13h50

Zeca Camargo atualizou mais uma vez a sua Curva das Expectativas Flutuantes no #BrasilCozinhaComigo deste domingo (23) e um de seus destaques foi o Tik Tok, rede social de vídeos que se tornou popular com produções voltadas para o humor. Para o apresentador, há uma carência de perfis com a capacidade de manter o bom nível por muito tempo. "São poucos os bons humoristas", opinou.

O jornalista ainda citou "Lovecraft Country" e "I May Destroy You", duas séries originais exibidas pela HBO, como dois dos principais assuntos em evidência na cultura pop. Por outro lado, Zeca também criticou a polêmica envolvendo a entrevista do humorista Marcelo Adnet em sua participação no programa Roda Viva, na última segunda (17), sobre a existência (ou não) de comediantes cubanos.

Vão Falar: Jerry Seinfeld

O humorista americano Jerry Seinfeld, criador da icônica série que leva o seu sobrenome e fez muito sucesso entre os anos 80 e 90, vai lançar o livro "Is This Anything", obra que relata o seu trabalho em cinco décadas como comediante nos EUA. Consagrado como um dos melhores em sua área de atuação, o artista tem a publicação marcada para o dia 6 de outubro de 2020

Estão falando: Lovecraft Country e Host

No último domingo (16), estreou na HBO a série Lovecraft Country, inspirada nos contos macabros de H.P. Lovecraft, escritor que dominou o gênero de horror literário no início do século XX. A produção é de Jordan Peele, cineasta premiado no Oscar e responsável por filmes como "Corra!" e "Nós". A trama mistura elementos sobrenaturais com a temática racista dos EUA dos anos 1950. Para Zeca, a série ficará em alta pelas próximas semanas.

O jornalista ainda citou "Host", filme de terror australiano que vem chamando a atenção na internet pela trama inspirada na situação de quarentena causada pela crise da covid-19. No longa, seis amigos contratam um médium para fazer contato com o além em uma reunião via Zoom durante o período de isolamento social.

Tão Gostando: "Oh Juliana" e I May Destroy You

Para o apresentador, "I May Destroy You", também exibida pela HBO, é uma das melhores séries já criadas e com grande destaque da cultura pop em 2020. "É a coisa mais incrível que já vi nada vida e a nunca conheci uma atriz como essa", disse, citando a protagonista Michaela Coel. Produzida em conjunto com a britânica BBC, a série aborda temas como estupro e racismo.

A música "Oh Juliana", criada por MC Niak, também foi destacada por Zeca como uma das pautas de maior relevância nos últimos dias para o público.

Já encheu: Tik Tok e Comediantes Cubanos

Apesar do grande sucesso conquistado durante o período de isolamento social no Brasil e no mundo, para o apresentador do #BrasilCozinhaComigo, a rede social Tik Tok já não agrada como no seu início. Segundo ele, são poucos os perfis de humor que ainda conseguem produzir conteúdo de qualidade. "São poucos os bons humoristas nessa rede social. Sem uma boa receita, não é um bom perfil. É necessário inovar", concluiu.

Zeca também lembrou-se da polêmica envolvendo a edição do programa Roda Viva exibido na última segunda (17). O comediante Marcelo Adnet, convidado da noite, debateu com o entrevistado Marcelo Tas sobre humoristas terem ou não opinião política divulgada publicamente. Para sustentar seu ponto, Tas citou a não existência de humoristas de com pensamentos de esquerda em Cuba.

Após a exibição do programa, o assunto continuou como debate nas redes sociais, tornando-se tema de discussões entre pessoas de diferentes visões políticas. Para o jornalista, o assunto também já está desgastado.

Tá voltando: Mariah Carey

Na opinião do apresentador, o nome da cantora Mariah Carey promete ser um dos grandes temas da cultura pop nas próximas semanas com o lançamento de seu novo disco, "The Rarities". O álbum, que tem lançamento previsto para 2 de outubro, vai reunir gravações inéditas e canções descartadas de sua carreira - como 'Save the Day', faixa que com participação de Lauryn Hill.