PUBLICIDADE
Topo

Esporte

França bate Japão em disputa por equipes mistas no judô; Brasil fica em sétimo

31/07/2021 10h12

Por Tetsushi Kajimoto

TÓQUIO (Reuters) - A França conquistou a medalha de ouro do judô no primeiro evento de equipes mistas disputado em Jogos Olímpicos, neste sábado, derrotando o Japão por 4 a 1 na final e ajudando sua lenda dos pesos pesados ​​Teddy Riner a aumentar sua coleção de medalhas olímpicas.

Com a vitória de sábado, Riner, de 32 anos, soma três ouros e dois bronzes em Jogos Olímpicos.

A conquista ajudou a compensar sua surpreendente derrota nas quartas de final de sexta-feira na competição individual para atletas acima dos 100kg contra o russo Tamerlan Bashaev. O francês teve que se contentar com a medalha de bronze.

A medalha de prata ficou com o Japão e as duas medalhas de bronze para Alemanha e Israel.

O Japão ganhou nove medalhas de ouro, duas pratas e uma de bronze no judô em Tóquio - um recorde desde que se tornou um evento olímpico para homens em 1964 e para mulheres em 1992.

Já o Brasil encerrou sua participação no judô em Tóquio com dois bronzes, conquistados por Daniel Cargnin e Mayra Aguiar, e é o esporte com mais medalhas olímpicas no país, com um total de 24 medalhas.

Na disputa por equipes o país ficou apenas na sétima colocação. A seleção foi derrotada pela Holanda, nas quartas de final, e por Israel, na repescagem, ambas por 4 a 2.

O Brasil, que havia sido medalhista de prata no Mundial 2017 e bronze nos de 2019 e 2021, não conseguiu repetir o desempenho. O destaque foi Mayra Aguiar que, com a lesão de Maria Suelen Altheman na competição individual, precisou lutar na categoria pesado e venceu seus dois combates.

Esporte