PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Fábio Matias destaca intensidade do Flamengo na estreia do Carioca: 'É algo do clube'

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

27/01/2022 01h22

O técnico Fábio Matias comandou o Flamengo na estreia do Campeonato Carioca 2022. Responsável pelo time rubro-negro nas primeiras rodadas do estadual, o treinador falou em entrevista coletiva sobre a intensidade na vitória contra a Portuguesa.

? Não é o Flamengo do Fábio Matias. É o Flamengo como um todo. Em todas as categorias o modelo de intensidade é essa. É algo do clube. Isso é algo institucional que a gente tem desenvolvido dentro do Flamengo, e isso é a tônica do clube hoje em relação a todas as categorias ? disse o treinador.

+ Lázaro cita alívio e comemora os primeiros gols no profissional do Flamengo

+ Atuações ENM: Lázaro marca dois e comanda a vitória do Flamengo sobre a Portuguesa-RJ; veja notas

Fábio Matias ainda citou a importância de Paulo Sousa na montagem da equipe. O treinador português assistiu o jogo em uma cabine no estádio Luso Brasileiro, acompanhado de outros membros da sua comissão técnica.

? Tivemos uma conversa inicial após a Copa São Paulo, e isso é importante. Falamos sobre coisas pontuais, e depois fomos ajustando para fazer com que os atletas tenham o melhor desempenho dentro de suas características. Alguns meninos que estão conosco estão treinando com o Paulo também, e isso é importante para ele observar. Faz parte de um processo integrado. É nosso papel dar esse suporte ? afirmou Fábio.

Siga o Esporte News Mundo no InstagramTwitterFacebook e Youtube.

O treinador também falou sobre as atuações de alguns jovens como Lázaro, autor dos dois gols da vitória sobre a Portuguesa, e as primeiras impressões do atacante André e da jóia Matheus França. Confira alguns trechos da entrevista de Fábio Matias:

Lázaro

? Toda avaliação quem tem que fazer é o departamento profissional. A minutagem, se precisa de mais ou menos. O Lázaro fez um bom jogo, temos que valorizar isso. Mas sobre estar ou não, é o profissional que vai decidir. Todo o acompanhamento é feito. Ele tem treinado no profissional e vindo para os jogos. O clube tem uma atenção especial, claro, é um ativo. Está fazendo esse processo de transição.

André

? As comparações... é preciso tomar cuidado. Cada jogador tem uma característica. Ele cresceu muito, fez bom brasileiro, uma boa Copa São Paulo. Claro que torcedor e imprensa gostam de comparação, mas eu evito. O André fez um bom jogo, desenvolveu o que pedimos. O mais importante é que tem evoluído.

Matheus França

? Tem muito potencial, cresceu muito. Tudo tem seu tempo, sua hora. Alguns demoram mais para se desenvolver. É preciso dar o tempo a ele na transição para o profissional.

Futebol