PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Vinicius Júnior explica euforia em celebração de gol: "Um abraço ao Bernabéu"

15/09/2021 00h22

Madri, 14 set (EFE).- O meia-atacante brasileiro Vinicius Júnior admitiu, em entrevista publicada nesta terça-feira, que não se conteve após marcar um dos gols da vitória do Real Madrid sobre o Celta de Vigo, dois dias atrás, pelo Campeonato Espanhol.

"Me deixei levar um pouco. Era o gol do 3 a 2 (após o adversário ter aberto 2 a 1), tínhamos voltado para nossa casa depois de tanto tempo, e eu novamente marquei. Na verdade, foi um abraço ao (estádio Santiago) Bernabéu, em nosso reencontro com eles", afirmou o ex-Flamengo ao jornal esportivo espanhol "As".

Vinicius Júnior, que começou como titular contra o Celta, marcou aos 10 minutos do segundo tempo e foi comemorar com torcedores e companheiros nas arquibancadas, gesto que gerou fortes críticas, devido a necessidade de distanciamento social pela transmissão da covid-19.

O brasileiro explicou que, no Real Madrid, vem tentando "jogar somo se estivesse em casa, quando jogava no Brasil", e não escondeu a empolgação ao voltar a atuar no Santiago Bernabéu neste domingo.

"Tudo foi muito perfeito. Estávamos felizes de retornar e de saber que a torcida estava conosco", disse Vinicius Júnior.

O meia-atacante, que vem sendo convocado por Tite para defender a seleção, ainda falou sobre o início da temporada, em que marcou quatro gols, em quatro partidas pelo Campeonato Espanhol.

"Isso é fruto de muito trabalho, muitas horas treinando e de muita luta para melhorar a finalização. Tenho confiança do técnico e de toda a comissão, e isso me faz pensar que posso errar, mas se isso acontecer, voltarei a tentar de novo", afirmou.

Sobre a seleção brasileira, Vinicius Júnior garantiu ter expectativa de elevar o nível para seguir entre os titulares.

"Se jogo no topo com o Real Madrid e com regularidade, é mais fácil ter minutos com minha seleção. E isso vem acontecendo", disse o jovem, de apenas 21 anos.

Esporte