PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Sampaoli e presidente da AFA se encontram com embaixador russo na Argentina

26/10/2017 17h33

Buenos Aires, 26 out (EFE).- O técnico Jorge Sampaoli e o presidente da Associação de Futebol Argentina (AFA), Claudio Tapia, se reuniram nesta quinta-feira com o embaixador da Rússia no país, Viktor Koronelli, um dia após ameaça do Estado Islâmico (EI) ao craque Lionel Messi.

A seleção 'albiceleste' disputará dois amistosos na nação que sediará a Copa do Mundo em 2018, no dia 11 de novembro, contra a seleção russa, e três dias depois, contra a Nigéria. Ambos os compromissos estão marcados para o Estádio Luzhniki, em Moscou.

De acordo com nota publicada no site da AFA, foram discutidos assuntos relacionados a estadia da delegação argentina, "como, por exemplo, a situação das obras no centro de treinamento Bronnitsy, além de questões ligadas a logística e segurança, entre outros".

Nenhuma fonte na federação local não quiseram confirmar se a ameaça feita pelo Estado Islâmico motivou a reunião.

Nos últimos dias, o Wafa Media Foundation, grupo ligado ao Estado Islâmico, divulgou montagem em que Messi aparece atrás de grades, com sangue saindo do olho esquerdo. A imagem faz parte de uma série de ameaças a Copa do Mundo de 2018.

Esporte