PUBLICIDADE
Topo

Esporte

United rouba lugar do Real no topo do ranking de clubes com maior receita

19/01/2017 12h11

Redação Central, 19 jan (EFE).- O Manchester United passou o Real Madrid e assumiu a liderança do ranking de clubes com maiores receitas na temporada 2015/2016, de acordo com o relatório "Football Money League", realizado pela empresa de consultoria Deloitte.

A equipe inglesa conseguiu uma receita de 689 milhões de euros (R$ 2,37 bilhões), um crescimento de 32,62% do que na edição anterior do relatório. Já o Real Madrid obteve 620,1 milhões de euros (R$ 2,132 bilhões), uma alta de 7,5% em relação a 2014/2015, mas despencou no ranking e caiu para o terceiro lugar.

O Barcelona manteve a segunda posição do ano passado, com um aumento de 10,6% nas receitas, totalizando 620,2 milhões (R$ 2,133 bilhões) para superar o maior rival.

Bayern de Munique voltou à quarta posição do ranking, com 592 milhões de euros (R$ 2,03 bilhões), e o Manchester City pulou para o quinto lugar, com 524,9 milhões de euros (R$ 1,8 bilhão). As duas equipes ultrapassaram o Paris Saint-Germain, que agora ocupa a sexta colocação no relatório, com 520,9 milhões de euros (R$ 1,79 bilhão).

Arsenal (486,5 milhões de euros/R$ 1,61 bilhão), Chelsea (447,4 milhões de euros/R$ 1,53 bilhão), Liverpool (403,8 milhões de euros/R$ 1,38 bilhão) e Juventus (341,1 milhões de euros/R$ 1,17 bilhão) mantiveram suas posições e completam o 'top-10'.

De acordo com o relatório, as receitas combinadas dos 20 primeiros times do ranking chega a 7,4 bilhões de euros (R$ 25,4 bilhões), um crescimento de 12% em relação à temporada passada. Do total, 49% vieram de direitos de transmissão, 42% de lucros comerciais e apenas 9% de receitas de venda de ingressos e outros itens em dias de jogos.

Esporte