PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Nick Diaz retorna ao UFC com moral elevada e gera expectativa nos fãs

Ag. Fight

Ag. Fight

25/09/2021 06h00

Depois de mais de seis anos ausente das competições, Nick Diaz vai voltar a se apresentar no octógono mais famoso do mundo. Neste sábado (25), em atuação pelo UFC 266, em Las Vegas (EUA), o americano vai se reencontrar com Robbie Lawler, adversário já vencido por ele anteriormente em sua carreira. Mas o que representa esse retorno do veterano lutador ao MMA?

Embora nunca tenha sido campeão do Ultimate, Nick Diaz é um dos atletas mais populares do MMA. Em sua carreira na modalidade, o americano chegou a disputar o título interino e linear dos meio-médios da organização contra Carlos Condit e Georges St-Pierre, respectivamente, e perdeu para os rivais por decisão unânime dos jurados.

Assim como seu irmão Nate, Nick tem um estilo peculiar de agir dentro e fora do octógono, o que chama a atenção do público e dos demais competidores da companhia. Quando está em competição, o americano é marcado por possuir um estilo agressivo de atuar. Já fora dos oito cantos do cage, o 'bad boy' é polêmico, sem papas na língua em suas declarações.

Com o UFC cada vez mais carente de grandes personagens, o retorno de Nick Diaz pode render marcas lucrativas para a franquia e também para o lutador. O americano segue a mesma linha de Nate e 'escolhe' seus oponentes. Ultimamente, irmãos adotaram uma linha de não pensar em ranking e nem em disputas de cinturão, mas em aceitar confrontos que façam sentido e os animem para pisar dentro da área de luta.

Por isso, a volta de Diaz ao UFC não poderia ter um adversário que fizesse mais sentido. Em 2004, o lutador enfrentou Robbie Lawler e os dois protagonizaram uma verdadeira guerra, que acabou com vitória de Nick por nocaute. Ao contrário daquela ocasião, o embate agora será no peso-médio (84 kg) e em uma disputa de cinco rounds.

Justamente o fato da luta ser disputada em melhor de cinco rounds mostra a atenção que o Ultimate está dando para essa volta de Nick Diaz. O duelo dos americanos não vale cinturão e nem lidera um evento, mas foi casado para ser disputado como se fosse. A organização já tinha inaugurado essa atitude em junho deste ano, no UFC 263, em combate entre Nate Diaz e Leon Edwards, que também foi o terceiro duelo mais importante do evento.

Em questões agora competitivas, a luta entre Diaz e Lawler pode dar o vencedor uma recuperação na companhia. Nick não vence um combate desde 2011, quando superou BJ Penn. A sua última aparição no UFC foi diante de Anderson Silva, em 2015, e o duelo terminou em 'no contest', já que ambos caíram no doping. Por outro lado, Lawler, que já foi campeão dos meio-médios (77 kg), acumula quatro derrotas seguidas e não tem um resultado positivo desde 2017, em triunfo sobre Donald Cerrone.

Confira todas as lutas do UFC 266:

Alexander Volkanovski vs Brian Ortega
Valentina Shevchenko vs Lauren Murphy
Nick Diaz vs Robbie Lawler
Curtis Blaydes vs Jairzinho Rozenstruik
Jéssica 'Bate-Estaca' vs Cynthia Calvillo
Marlon Moraes vs Merab Dvalishvili
Dan Hooker vs Nasrat Haqparast
Shamil Abdurakhimov vs Chris Daukaus
Roxanne Modafferi vs Taila Santos
Uroš Medi?  vs Jalin Turner
Cody Brundage vs Nick Maximov
Matthew Semelsberger vs Martin Sano Jr.
Jonathan Pearce vs Omar Morales

Esporte