PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Nick Diaz surpreende e afirma que é mais fácil destronar Usman do que bater Lawler

Ag. Fight

Ag. Fight

24/09/2021 08h00

Nick Diaz não luta desde 2015, mas sua presença ainda abala a comunidade do MMA. O 'bad boy' vai fazer seu retorno triunfal ao UFC na edição de número 266, que acontece neste sábado (25), em Las Vegas (EUA), contra Robbie Lawler, ex-campeão dos meio-médios (77 kg), mas está de olho em um grandioso confronto para a sequência dos eventos. Na verdade, o veterano revelou que, se pudesse, escolheria um oponente diferente.

Em entrevista à 'ESPN' americana, Nick surpreendeu e cravou que já deveria disputar o título dos meio-médios do UFC contra Kamaru Usman em seu retorno ao MMA. Não satisfeito, o 'bad boy' avaliou que, em questão de estilo de luta, é mais viável destronar o campeão da categoria do que vencer Lawler na revanche.

Vale lembrar que Diaz enfrentou 'Ruthless', em 2004, e venceu por nocaute. Atualmente, o ex-campeão dos meio-médios do UFC perdeu quatro lutas seguidas, saiu do top-15, enquanto o número um da categoria triunfou nos 14 combates que disputou pela organização e defendeu o cinturão quatro vezes. Disposto a medir forças com o nigeriano, o 'bad boy' já deu como certa sua nova vitória sobre o antigo rival.

"Acho que vou dar uma surra em Usman. Terei uma chance melhor contra Usman do que contra Lawler, só porque eu já venci Lawler. Não faz sentido lutar contra Lawler novamente. Não sei o motivo de estar fazendo isso. Isso não deveria acontecer. Quem quer que tenha planejado isso é um idiota. Não sei a razão disso acontecer. Eu deveria estar lutando contra Usman e é isso", decretou o veterano.

Apesar de não ter conquistado o cinturão dos meio-médios do UFC, Nick Diaz, de 38 anos, é um dos atletas mais populares do MMA. O 'bad boy' se destacou no esporte na base do jiu-jitsu e do boxe. Em sua carreira, o americano disputou o título interino e linear dos meio-médios da organização contra Carlos Condit e Georges St-Pierre, respectivamente, e perdeu para os rivais por decisão unânime.

A última aparição de Nick Diaz no UFC foi diante de Anderson Silva, em 2015, e o duelo terminou em 'no contest', já que ambos caíram no doping. O americano possui um cartel profissional de 26 vitórias, dez derrotas, dois 'no contest' (luta sem resultado) e triunfos marcantes sobre BJ Penn, Frank Shamrock, Gleison 'Tibau' e Robbie Lawler.

Esporte