PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Neiman Gracie celebra primeira vitória por nocaute na carreira: "Sempre quis mostrar esse lado"

Ag. Fight

Ag. Fight

20/09/2021 12h18

Membro da família responsável por aperfeiçoar e difundir o jiu-jitsu pelo mundo, Neiman Gracie, como não poderia ser diferente, sempre mostrou dentro do cage sua predileção pela luta de solo, conquistando a maioria de suas vitórias por finalização. Mas no último sábado (18), o faixa-preta provou que também possui armas para vencer um combate de MMA na trocação e celebrou tal conquista.

No 'co-main event' do Bellator 266, Neiman precisou de pouco menos de 90 segundos para atropelar Mark Lemminger e conquistar sua primeira vitória por nocaute técnico na carreira. Na coletiva de imprensa pós-show, o brasileiro se mostrou satisfeito com sua apresentação e revelou que já pretendia mostrar sua evolução na parte em pé há algum tempo.

Para isso, Neiman escolheu a dedo o combate ideal. De acordo com o faixa-preta, durante a fase de estudos do seu adversário, sua equipe avaliou que este era o momento certo para testar a evolução do membro da família Gracie na luta em pé.

"Eu estou muito feliz com a luta e muito feliz por vencer da forma como eu fiz. Eu tenho trabalhado na minha trocação por um longo tempo, e eu sempre quis mostrar esse lado do meu jogo", celebrou Neiman, de acordo com a transcrição do site 'MMA Junkie', antes de justificar sua estratégia na luta do último sábado.

"Quando eu vi as lutas dele, eu soube que eu era melhor na trocação. Então, nós decidimos não nos apressar para derrubá-lo. Na verdade, eu ia fazer outra coisa, na trocação, mas eu não tive a chance de fazer. Se o nocaute viesse, ótimo, mas se a gente estivesse trocando muitos golpes, eu tentaria algo (a queda)", concluiu.

Com o resultado do último sábado, Neiman Gracie soma agora 11 vitórias, nove delas por finalização, e apenas duas derrotas em seu cartel no MMA profissional. O triunfo sobre Mark Lemminger também recoloca o faixa-preta na corrida por uma oportunidade de disputar o cinturão da divisão dos meio-médios (77 kg) do Bellator, atualmente sob posse de Yaroslav Amasov.

Esporte