PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Lutador cortado do UFC por desistir de combate no octógono vence em retorno ao MMA

Ag. Fight

Ag. Fight

02/08/2021 12h21

Max Rohskopf fez jus ao ditado 'nada como o tempo para sarar as cicatrizes'. Em junho de 2020, o americano estreou no UFC e, em seguida, foi cortado da organização. O motivo foi o fato do atleta ter desistido da luta contra Austin Hubbard, ainda no octógono, no decorrer dos rounds. O episódio se tornou mais marcante, porque o profissional discutiu com Robert Drysdale, seu treinador. Contudo, a promessa do MMA retornou ao esporte de forma triunfal no último domingo (1º), na Califórnia (EUA).

Após sair do UFC, Rohskopf assinou um contrato com o Cage Warriors, estreou na nova casa na edição de número 126 contra Jeff Creighton e deixou uma boa impressão ao apresentar uma atuação dominante. No duelo, a promessa do MMA não teve trabalho para nocautear o adversário em pouco mais de dois minutos de luta. O momento que definiu o combate foi uma sequência de 'ground and pound' imposta pelo talentoso atleta no oponente indefeso (veja abaixo ou clique aqui).

A vitória de Max Rohskopf, de 26 anos, no Cage Warriors foi crucial para acabar com a dúvida de parte dos fãs do MMA quanto a permanência do lutador no esporte e também em relação a sua garra. Na modalidade desde 2018, o atleta disputou sete lutas, venceu seis, sendo todas pela via rápida, e perdeu apenas uma vez, em sua primeira e última aparição no UFC.

? Max Rohskopf is back!

?? "Rated R" picks up the round one TKO win over Jeff Creighton at #CW126! pic.twitter.com/6daV34qoLf

- Cage Warriors (@CageWarriors) August 2, 2021

Esporte