PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Chandler cita dois rivais que gostaria de enfrentar caso conquiste o cinturão do UFC

Ag. Fight

Ag. Fight

21/04/2021 11h34

No próximo dia 15 de maio, Michael Chandler vai ter a oportunidade de conquistar o cinturão do peso-leve (70 kg) do Ultimate. O americano faz a luta principal do UFC 262 diante do brasileiro Charles 'Do Bronx', em evento que acontece em Houston (EUA). Embora ainda precise passar pelo adversário para chegar ao topo da divisão, o ex-lutador do Bellator já pensa em sua primeira defesa de título e analisou dois rivais.

Em entrevista ao site 'MMA Junkie', Chandler não perdeu tempo ao eleger dois adversários que gostaria de encarar caso conquiste o cinturão da categoria. Os alvos são Dustin Poirier e Conor McGregor, que se enfrentam no dia 10 de julho, no UFC 264, em evento em Las Vegas (EUA). O americano explicou o motivo de tê-los como alvos.

"Basta olhar para o ranking e ver Dustin Poirier. Ele é o número um. Ele optou por aceitar a luta pelo dinheiro e deixar passar a chance de lutar pelo título. Então, se ele vencer Conor, é a escolha número um óbvia. Mas se Conor vence o cara número um, além do grande nome que ele é, pela sua estrela e o quanto ele está perseguindo o cinturão, não há espetáculo mais emocionante nos esportes", disse o atleta, emendando.

"Então, ele (Conor) vai lá e atropela Dustin, ou mesmo vence de forma dominante, acho que isso o torna o desafiante número um. Eu estarei segurando o cinturão e estarei lá (ao lado do octógono) em Las Vegas, animado para ver com quem eu vou lutar, provavelmente mais tarde neste ano ou no primeiro semestre do próximo ano", completou o americano.

Michael Chandler, de 34 anos, estreou no UFC com vitória por nocaute contra Dan Hooker em janeiro deste ano. Ex-campeão do Bellator, o atleta acumula cartel com 22 triunfos e apenas cinco derrotas - a última delas, em 2019, foi contra Patrício 'Pitbull', em confronto que durou apenas um minuto, válido pelo título dos leves da liga.

Esporte