PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Poirier abre portas para trilogia com McGregor, mas prega cautela e faz 'exigências'

Ag. Fight

Ag. Fight

01/03/2021 10h48

Assim que Dustin Poirier nocauteou Conor McGregor, em janeiro deste ano, pela luta principal do UFC 257, o assunto de uma possível trilogia entre os dois lutadores ganhou muita força nos bastidores da organização. Primeiro, o irlandês lançou essa ideia, pois no primeiro embate entre eles foi o vitorioso, em 2014. O americano, ciente do desejo do rival, não se opôs e parece que é questão de tempo para ela acontecer.

Em entrevista ao podcast 'Joe Rogan Experience', Poirier afirmou que já existem as negociações para tirar essa luta do papel, mas não pretende ter pressa para assinar contrato. O lutador destacou o tamanho que este duelo vai ter e, por isso, adiantou que gostaria de um retorno financeiro, além da presença de torcedores. Recentemente, Dana White, presidente do UFC deu uma previsão do que espera ter a volta dos fãs nas arenas.

"Conor quer a trilogia e eu também. Estamos apenas tentando fazer o negócio certo. Essa vai ser uma grande luta. Ele me nocauteou, eu nocauteei ele. A trilogia será, com certeza, uma das maiores lutas desse ano, talvez de todos os tempos. Então acho que a trilogia faz muito sentido e muito dinheiro. Portanto, estamos apenas tentando estruturar o negócio certo e ver qual é o prazo. Porque para um cara como Conor, você quer os fãs lá, mesmo que seja limitado", afirmou o número um do ranking dos leves (70 kg).

Dustin Poirier também vive uma situação inusitada. Por ser o número um da sua divisão, o americano é considerado o grande favorito para lutar pelo título na sequência, mas pode abrir mão deste posto. Caso essa trilogia seja marcada, o 'Diamond' adiantou que não seria justo que esse combate seja pelo cinturão pela situação do rival.

"Não acho (Conor deveria lutar por um título). Conor está afastado há tanto tempo, as suas duas últimas lutas no peso-leve ele perdeu, então você não pode colocá-lo lá para uma luta pelo título. Como você poderia justificar isso quando você tem caras como (Charles) Oliveira?", concluiu o lutador, que mira a trilogia para junho ou julho deste ano.

Dustin Poirier é um dos lutadores mais condecorados no peso-leve do UFC. O americano se tornou campeão interino da categoria ao vencer Max Holloway pela segunda vez e superou nomes importantes da divisão. Além de Holloway, os triunfos mais marcantes de 'The Diamond' no esporte foram os nocautes diante de Conor McGregor, Eddie Alvarez e Justin Gaethje, a finalização sobre Anthony Pettis, entre outros. Atualmente, o atleta ocupa o primeiro lugar no ranking da classe, atrás apenas de Khabib Nurmagomedov.

Esporte