PUBLICIDADE
Topo

Esporte

No Brasil! 'Bate-Estaca' confirma luta contra Namajunas pelo cinturão dos palhas do UFC

Ag. Fight

15/01/2019 11h15

Jéssica 'Bate-Estaca' confirmou que disputará o cinturão do UFC em duelo contra Rose Namajunas, no dia 11 de maio, no Brasil. Nesta terça-feira (15), pelas redes sociais, a atleta brasileira publicou uma fotomontagem ao lado da campeã peso-palha (52 kg) e destacou que o combate agora é oficial.

Por meio de um post no Instagram (veja abaixo ou clique aqui), Jéssica, que é a atual primeira colocada no ranking dos palhas, demonstrou felicidade com a oportunidade de disputar o cinturão e agradeceu à campeã americana por aceitar o desafio contra ela. Além disso, a lutadora paranaense mandou um recado para a torcida brasileira, para a qual pediu por "energia e vibração".

"É oficial! Então, galera, hoje venho com muito orgulho anunciar oficialmente a minha luta contra a Rose Namajunas pelo cinturão da categoria dos palhas, em maio, aqui no Brasil. Estou muito feliz por mais essa oportunidade. Como vocês sabem, batalhei demais por essa chance e dessa vez o cinturão será nosso. Obrigado, Rose, por aceitar lutar e colocar seu cinturão em jogo. Garanto que será uma luta incrível. Conto com a torcida, vibração e energia dos meus fãs e do povo brasileiro", escreveu 'Bate-Estaca'.

Esta será a segunda oportunidade de Jéssica disputar o cinturão do UFC. No seu primeiro desafio, em 2017, ela foi superada pela então campeã Joanna Jedrzejczyk por decisão unânime dos jurados. Desde então, ela acumulou uma sequência de três vitórias - sobre Claudia Gadelha, Tecia Torres e Karolina Kowalkiewicz -, que a credenciaram a novamente ter a oportunidade de se tornar campeã da categoria.

Aos 27 anos, 'Bate-Estaca' somou, até o momento, 19 triunfos e seis derrotas como lutadora profissional de MMA. Já Rose Namajunas venceu oito dos 11 desafios que teve na carreira. A americana conquistou o cinturão do Ultimate em novembro de 2017, após destronar Jedrzejczyk e se tornar a campeã mais jovem da história da organização, então com 25 anos.

Um vídeo publicado por ufc (@ufc) em Ago 8, 2015 às 9:50 PDT

Esporte