PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Dana White revela ligação surpresa de Donald Trump após UFC 231

Ag. Fight

17/12/2018 15h26

Donald Trump pode ser um dos homens mais poderosos do mundo, mas, como qualquer outro fã do UFC, o presidente dos EUA também parece gostar de conversar com os amigos sobre grandes lutas na maior liga de MMA do planeta. Deste modo, após assistir ao evento do último dia 8 de dezembro, promovido em Toronto (CAN), o chefe de Estado teria ligado para Dana White - com quem o político tem uma amizade de longa data - e garantido que a luta principal do card foi "a melhor que já viu".

De acordo com entrevista do presidente do Ultimate ao podcast 'Pardon My Take', Trump estava apreensivo para comentar sobre o evento. Além de destacar o desempenho de Max Holloway, que defendeu com sucesso o cinturão dos penas (66 kg) contra Brian Ortega, o político teria elogiado também a atuação de Thiago 'Marreta'. Na ocasião, o lutador brasileiro nocauteou o meio-pesado (93 kg) Jimi Manuwa no 2º round e garantiu um dos prêmios de 'performance da noite' no UFC 231.

"Ele (Presidente Donald Trump) me ligou na terça-feira. Por 15 minutos ele não conseguia parar de falar sobre a luta. Disse que foi a melhor luta que já viu. Ele ficou dizendo o quão duros Holloway e Ortega eram... E Thiago Santos ('Marreta')! Ele dizia não acreditar... Que a luta (contra Manuwa) havia sido incrível... Como seres humanos, nós amamos lutas", contou Dana White.

O evento de número 231 do Ultimate teve dois cinturões em jogo. Além da disputa do título dos penas, o show também teve como uma das atrações o duelo entre Valentina Shevchenko e Joanna J?drzejczyk para decidir quem seria a nova campeã dos moscas (57 kg) na organização, posto alcançado pela atleta do Quirguistão.

Esporte