PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Sem cerimônia! Nina Ansaroff cogita enfrentar companheira de equipe no UFC

Ag. Fight

10/12/2018 15h39

No último sábado (8), Nina Ansaroff deu um grande passo rumo à disputa do cinturão dos pesos-palhas (52 kg) ao bater Claudia Gadelha, atual número 3 do ranking da divisão. O triunfo diante da brasileira no UFC 231 a colocou em rota de colisão com as atletas mais bem ranqueadas da categoria, e dentre elas está, ao menos na teoria, a ex-campeã e companheira de equipe Joanna Jedrzejczyk. Mas o fato da polonesa treinar na mesma academia que 'The Strina', não impede, de acordo com a própria, que elas se enfrentem.

O show no Canadá também contou com a participação de Joanna, que se aventurou na divisão dos moscas (57 kg) e foi derrotada por Valentina Shevchenko. Caso a ex-campeã dos palhas retorne para sua categoria de origem, Ansaroff não teria problema algum em medir forças com a polonesa - ambas atletas da 'American Top Team'. Durante entrevista ao site 'MMA Fighting' após sua vitória sobre 'Claudinha', Nina minimizou a situação ao citar outra adversária que, de acordo com ela, seria mais desconfortável ainda de encarar nos octógonos.

"Não, nós nunca chegamos a falar sobre isso. Quando a Joanna entrou para a academia eu não era ranqueada ainda, então ela meio que me subestimou. Mas agora é uma possibilidade, posso enfrenta-la se ela voltar para o '115' . Não é algo que já foi debatido, mas também é algo que todos na equipe sabem, todos sentem . E se tiver que ser conversado, será. Posso lutar contra a Tecia Torres, que é a minha melhor amiga, nós já conversamos sobre isso. Então a Joanna, que é só alguém da minha equipe, não seria um grande problema conversar sobre, já que já conversei com minha melhor amiga sobre a possibilidade de socá-la na cara", declarou Ansaroff.

Ainda durante a entrevista pós UFC 231, Ansaroff admitiu que pretende tirar um tempo para descansar após o movimentado duelo contra Gadelha. No entanto, a americana vai sentir fortes emoções ainda esse ano, pois Amanda Nunes, sua noiva e campeã peso-galo (61 kg) do Ultimate, enfrenta Cris 'Cyborg' na edição de número 232 do show, dia 29 de dezembro, em Las Vegas (EUA). O duelo será válido pelo título dos pesos-penas (66 kg).

Esporte