PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Uruguai tem hotéis cheios e preços altos para finais do futebol

15/10/2021 17h33

Montevidéu, 15 Out 2021 (AFP) - Os hotéis de Montevidéu estavam lotados de reservas para os dias de novembro em que serão disputadas as finais das copas Libertadores e Sul-Americana, informou nesta sexta-feira à AFP o presidente da Associação de Hotéis e Restaurantes do Uruguai, Francisco Rodríguez.

Os preços de hospedagem em residências particulares dispararam. "Está confirmado que os hotéis de Montevidéu estão cheios para o fim de semana de 27 de novembro, data da final da Libertadores", disse Rodríguez. A situação é semelhante nos departamentos de Canelones e Maldonado, e os pedidos de reserva estão sendo feitos agora em localidades ainda mais afastadas.

Para o fim de semana de 20 de novembro, quando se disputa a final da Copa Sul-Americana, "ainda há possibilidades", informou o presidente. Ambas as finais serão disputadas exclusivamente por equipes brasileiras.

Apesar de os hotéis de Montevidéu contarem com cerca de 12 mil camas disponíveis, este número caiu pela metade devido à pandemia. A falta é suprida por uma ampla oferta de residências particulares em plataformas como Airbnb e Booking, onde os preços dispararam.

Para o fim de semana de 19 a 21 de novembro, o preço da diária no Airbnb varia em torno de 80 dólares. Já para o fim de semana seguinte, data da final da Libertadores, a média da diária é de 700 dólares.

Estima-se que entre 30.000 e 40.000 torcedores brasileiros cheguem a Montevidéu nesses dias, embora autoridades uruguaias ainda não tenham definido a capacidade permitida para esses eventos. O Uruguai abrirá suas fronteiras em 1º de novembro para estrangeiros vacinados contra a Covid-19.

A capital uruguaia também receberá a final da Copa Libertadores feminina, em 21 de novembro.

gv/ol/lb

Esporte