PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Manchester United, Inter e Sevilla são favoritos no inédito 'Final 8' da Liga Europa

09/08/2020 15h57

Colônia, Alemanha, 9 Ago 2020 (AFP) - Com cinco ex-campeões, entre eles os gigantes Manchester United, Inter de Milão e Sevilla, o 'Final 8' da Liga Europa, que começa nesta segunda-feira na Alemanha, reúne um elenco de peso e promete atrair atenções, apesar de seus jogos serem muito próximos aos da Champions League que serão disputados em Lisboa.

United, Inter, Shakhtar Donetsk, Bayer Leverkusen e Sevilla, que tem o recorde de títulos (5), já conquistaram a segunda maior competição europeia de clubes, seja com o nome atual ou com o anterior, Copa da Uefa.

Mas os 'Red Devils' com Paul Pogba, Bruno Fernandes e Marcus Rashford são o time a ser batido neste torneio que tem um novo formato, forçado pelo coronavírus, e baseado no da Champions: jogos de eliminação direta a partir das quartas de final, todos com os portões fechados e em quatro locais na Alemanha (Düsseldorf, Colônia, Duisburg, Gelsenkirchen).

O Manchester United enfrenta a fase final da Liga Europa em estado de graça, com 14 jogos consecutivos sem perder no campeonato inglês, o que lhe valeu a classificação para a próxima edição da Liga dos Campeões.

O técnico norueguês Ole Gunnar Solskjaer devolveu a alma à equipe. Uma vitória na Liga Europa abriria a ele as portas para o seleto grupo de treinadores históricos do clube, no nível de José Mourinho, o treinador que o antecedeu e que levou o United a vencer a Liga Europa (2017).

Para as quartas-de-final na segunda-feira, às 16h00 (horário de Brasília), o United é o claro favorito contra o dinamarquês Copenhaguen, time com pouca experiência nesses duelos. Quem avançar às semifinais vai enfrentar Sevilla ou Wolverhampton. O clube da Andaluzia é 'especialista' nessa competição, com seus cinco títulos conquistados no século XXI, três deles consecutivos 2014-2015-2016.

A equipe comandada por Julen Lopetegui eliminou a Roma nas oitavas de final (2 a 0) em Duisburgo, na quinta-feira. Agora enfrenta o surpreendente Wolverhampton (na terça-feira, às 16h00 pelo horário de Brasília), sétimo na última Premier League.

Em outro confronto de mata-mata, a Inter de Milão terá que honrar seu favoritismo superando o Bayer Leverkusen na segunda-feira (16h00 de Brasília) que joga praticamente em casa, e que tem em seu elenco os jovens talentos Kai Havertz e Moussa Diaby.

Os 'Nerazzurri', vencedores da competição pela última vez em 1998, vêm de um duelo difícil em que eliminaram o Getafe (2-0). O time da Lombardia também terminou a Serie A como um foguete, com uma única derrota nas doze rodadas desde a retomada da competição em junho. Suas esperanças de ataque estão depositadas no belga Romelu Lukaku.

Se superar o obstáculo do Leverkusen, a Inter vai enfrentar o vencedor do duelo entre o Shakhtar Donetsk da Ucrânia e o suíço Basel por uma vaga na final.

-- Programação (horário de Brasília):

- Segunda-feira:

(16H00) Inter de Milão (ITA) - Bayer Leverkusen (ALE) em Dusseldorf

(16H00) Manchester United (ING) - Copenhaguen (DIN) em Colônia

- Terça-feira:

(16H00) Wolverhampton (ING) - Sevilla (ESP) em Duisburgo

(16H00) Shakhtar Donetsk (UCR) - Basel (SUI) em Gelsenkirchen

cpb/ama/iga/gh/aam

Esporte