PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Valverde evita misturar situação do Barça com independência da Catalunha

Ernesto Valverde desconversou ao ser perguntado sobre a independência da comunidade - Albert Gea/Reuters
Ernesto Valverde desconversou ao ser perguntado sobre a independência da comunidade Imagem: Albert Gea/Reuters

27/10/2017 15h43

Barcelona, 27 Out 2017 (AFP) - O técnico do Barcelona, Ernesto Valverde, evitou falar sobre a situação da Catalunha nesta sexta-feira (27), após o Parlamento proclamar a independência da região. Ele afirmou que seu trabalho é "fazer com que a equipe ganhe" no sábado, pelo Campeonato Espanhol.

"Nós nos concentramos na questão esportiva, cada um tem sua responsabilidade. No meu caso, sou o técnico do Barcelona e tentarei fazer com que minha equipe ganhe", afirmou o treinador em coletiva de imprensa. O jogo será contra o Athletic Bilbao.

Valverde, bombardeado nas últimas semanas com perguntas sobre a questão política catalã, vem insistindo em dizer que tem sua "própria opinião como todo mundo, mas gostaria de focar na questão esportiva". Também preferiu não responder quando foi questionado sobre como seria a La Liga sem o Barcelona.

"Isso ainda não aconteceu e estamos falando de suposições. Me parece normal que se façam especulações, mas a mim não corresponde o papel de fazer especulações, mas sim de falar sobre a realidade, e a realidade é que temos amanhã uma partida da Liga e tentaremos ganhar", garantiu.

O técnico jogará no sábado uma partida emotiva contra sua ex-equipe, o Athletic Bilbao. "O Athletic é muito forte em San Mamés, não só agora, mas há anos. O público apoia muito, não se entregam mesmo se estiverem atrás no placar, é um rival que sempre está pressionando", elogiou.

"Estou um pouco ansioso para amanhã", completou Valverde, que reconhece que se trata de uma partida especial para ele, embora o Athletic não viva seu melhor momento. "São perigosos mesmo assim. Em uma situação de estresse, essa equipe sempre dá a cara", concluiu.

Esporte