PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Federações africanas pedem 10 vagas na Copa do Mundo com 48 seleções

22/02/2017 15h26

Joanesburgo, 22 Fev 2017 (AFP) - A África quer aproveitar o aumento de 32 para 48 seleções, a partir da Copa do Mundo de 2026, para ganhar 10 vagas na competição, argumentaram nesta quarta-feira em Joanesburgo os presidentes das federações africanas ao presidente da Fifa, Gianni Infantino.

"Todas as federações apoiam o crescimento da Copa do Mundo e a África espera de agora em diante ter direito a 10 vagas", declarou o presidente da federação sul-africana, Danny Jordaan, segundo uma rádio local.

No formato atual da Copa do Mundo, com 32 seleções participantes, o continente africano tem direito a cinco representantes. O aumento para 48 seleções será colocado em prática a partir do Mundial de 2026, que terá a sede definida em maio de 2020.

Uma primeira fase eliminatória de 16 grupos com 3 equipes permitirá às duas melhores seleções avançar ao mata-mata da competição. Nenhuma seleção africana jamais chegou às quartas de final de uma Copa do Mundo.

Esporte