PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Argentino Ulloa ameaça fazer greve no Leicester

31/01/2017 12h45

Londres, 31 Jan 2017 (AFP) - O atacante argentino do Leicester, Leonardo Ulloa, ameaçou entrar em greve nesta terça-feira, quando se encerra a janela de transferência de inverno na Europa.

Ulloa pediu para ser vendido, mas o atual campeão inglês rejeitou uma proposta do clube espanhol Alavés, por opção do técnico do Leicester, o italiano Claudio Ranieiri, que preferiu manter o jogador argentino no elenco.

"Com todo respeito aos torcedores do Leicester, me sinto traído por Ranieri e decepcionado com o clube", afirmou o jogador argentino no Twitter.

"Não jogarei mais com eles", completou Ulloa.

O atacante está insatisfeito, depois de ser titular apenas uma vez na Premier League nesta temporada e não ter recebido proposta de um novo contrato. Na temporada 2015-16, Ulloa ajudou o Leicester a conquistar o inédito título inglês.

"Não posso entender a situação. Por que não me deixam continuar a jogar futebol em outro lugar?", perguntou o jogador, em entrevista à emissora Sky Sports.

"Se fico no clube, isso vai afetar seriamente minha carreira e meu futuro. O melhor para ambas as partas é que me vendam para outro clube", concluiu.

Esporte