PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Wenger compara Premier League a uma 'selva'

21/10/2016 14h18

Londres, 21 Out 2016 (AFP) - O técnico do Arsenal, Arsène Wenger, encontrou uma forma original de descrever a forte competitividade da Premier League, ao comparar o campeonato com uma "selva", nesta sexta-feira, na véspera do duelo com o Middlesbrough.

"Acho que temos que ter a humildade de entender que saímos do zero a cada jogo e que estamos numa selva", afirmou o francês, que prega a cautela antes de enfrentar o 17º colocado, apesar da grande fase da sua equipe, que pode dormir na liderança em caso de vitória.

Os 'Gunners' têm os 19 pontos do líder Manchester City, que recebe o Southampton (8º) no domingo, e vêm de sete vitórias seguidas em todas as competições.

"Estamos vivendo em uma selva, onde todo mundo quer comer todo mundo e é preciso manter o foco o tempo todo para sobreviver. Isso é competição. Todo dia, você tem que lutar para sobreviver. O amor pela vitória e a competitividade da Premier League são apaixonantes", descreveu o treinador, que acaba de completar duas décadas no comando do time londrino.

Wenger informou que o clube está negociando a renovação dos contratos dos dois principais astros do clube, o chileno Alexis Sánchez e o alemão Özil, que vencem em 2018.

"Eles estão felizes e quero que eles se comprometam ainda mais com o clube porque sabem que estão no lugar certo", afirmou o treinador.

Na vitória de quarta-feira contra o Ludogorets (6-0), na Liga dos Campeões, Sánchez abriu o placar com um autêntico golaço e Özil marcou os últimos três gols da partida, anotando o 'Hat Trick' em pouco mais de meia hora.

Esporte