PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Karen Jonz destaca repercussão de 'xerecou' e solta: 'Vagina imponente'

Karen Jonz, skatista e comentarista do SporTV - Reprodução/Instagram
Karen Jonz, skatista e comentarista do SporTV Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em São Paulo

26/09/2021 00h59

Tetracampeã mundial de skate, Karen Jonz destacou as discussões que o termo "xerecou" - usado pela skatista nas Olimpíadas de Tóquio - causou, e refletiu sobre o "constrangimento" em relação ao termo "vagina".

No "Altas Horas", Karen recordou o episódio que viralizou durante a estreia do skate nos Jogos Olímpicos, e questionou o motivo de uma "vagina imponente" assustar tanto, ou ser considerado algo engraçado.

"Eu acho que acabou trazendo discussões importantes, como essa de por que a gente não fala (o nome), ou por que uma vagina assusta tanto? Uma vagina imponente. Por que falar o nome?", questionou Karen.

"Quando a gente fala outros palavrões é normal e quando a gente fala sobre o órgão feminino acaba sendo tão assustador ou engraçado. Por que é engraçado?", completou a skatista.

Filha rouba a cena

A filha de Karen Jonz, Sky, roubou a cena no final do "Altas Horas". Em participação surpresa ao lado de Lucas Silveira, marido da skatista, a menina mostrou a "janelinha" após perder um dente de leite, tocou corneta e gaita.

Mesmo à distância, Karen tentou - sem sucesso - acabar com a bagunça da filha, pedindo para que ela parasse com a corneta. Sky, então, trocou de instrumento, e passou a soprar uma gaita.

Esporte