PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Lutador de wrestling é morto após briga de trânsito

Lutador Tássio Lima durante Brasileiro Sênior de 2014 - Divulgação/CBW
Lutador Tássio Lima durante Brasileiro Sênior de 2014 Imagem: Divulgação/CBW

Demétrio Vecchioli

Do UOL, em São Paulo

18/10/2020 08h57Atualizada em 18/10/2020 10h22

O lutador de wrestling Tássio Felipe dos Anjos Lima, de 33 anos, morreu hoje (18), em Lucena (Paraíba) após uma briga de trânsito. O atleta levou uma facada e não resistiu ao ferimento.

O caso aconteceu quando Tássio estava com os pais a caminho de um supermercado. O veículo em que estavam fechou um motoqueiro. O fato gerou uma discussão.

Na briga, Tássio deu um mata-leão no motoqueiro. Antes de o motoqueiro ficar inconsciente devido ao golpe, o pai do atleta pediu para que ele soltasse o homem. Nesse momento, o motoqueiro pegou uma faca e acertou Tássio no coração.

A Confederação Brasileira de Wrestling divulgou uma nota oficial lamentando a morte do lutador Tássio Felipe dos Anjos Lima, considerado um dos pioneiros da luta olímpica na Paraíba.

"A Confederação Brasileira de Wrestling lamenta o falecimento de Tássio Felipe dos Anjos Lima, medalhista nacional e um dos pioneiros do esporte no estado nordestino. Neste momento de dor, a CBW presta suas condolências aos amigos, familiares e todos que tiveram a oportunidade de conhecer Tássio", diz o comunicado.

Entre as conquistas do lutador está a medalha de prata na categoria até 80kg do estilo greco-romano do Brasileiro Sênior de 2014. Além da luta livre, Tássio Lima chegou a participar de lutas de MMA no Nordeste.

Esporte