PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Ídolo do futebol iraquiano e autor do único gol em Copas morre por covid-19

O ex-jogador iraquiano, Ahmed Radhi, morto aos 56 anos em decorrência da covid-19 - Reprodução
O ex-jogador iraquiano, Ahmed Radhi, morto aos 56 anos em decorrência da covid-19 Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

21/06/2020 15h06

O futebol iraquiano perdeu hoje o seu maior ídolo: Ahmed Radhi, de 56 anos, morreu em decorrência de complicações provocadas pela covid-19. A informação foi confirmada pela Fifa e pela rede Aljazeera.

O ex-jogador foi internado em Bagdá na semana passada, mas recebeu alta na quinta-feira, depois de apresentar melhoras. Ele retornou ao hospital no mesmo dia e hoje piorou muito.

A Fifa lamentou a morte do ex-jogador. "O futebol perdeu uma lenda hoje", disse em uma mensagem divulgada nas redes sociais.

Radhi é autor do único gol marcado pela seleção do Iraque em uma Copa do Mundo. Foi na derrota por 2 a 1 contra a Bélgica, no Mundial de 1986.

Vídeos divulgados por meios de comunicação locais mostraram imagens do rápido funeral de Radhi.

O Iraque registrou cerca de 30.000 casos do novo coronavírus e mais de 1.000 mortes em decorrência da doença.

Esporte