PUBLICIDADE
Topo

Abuso sexual infantil: técnico de ginástica é condenado a 50 anos de prisão

Skipper Crawley, ex-técnico de ginástica, condenado a 50 anos de prisão por abuso sexual infantil - divulgação/Tarrant County Sheriffs Department
Skipper Crawley, ex-técnico de ginástica, condenado a 50 anos de prisão por abuso sexual infantil Imagem: divulgação/Tarrant County Sheriffs Department

Do UOL, em São Paulo

25/01/2020 17h42

Skipper Crawley, ex-técnico de ginástica, foi condenado ontem a 50 anos de prisão por ter abusado sexualmente de meninas ginastas nos estados de Texas e Oklahoma, nos Estados Unidos. No total, 11 garotas o acusaram nos últimos anos. Todas as vítimas tinham cerca de oito anos de idade.

O julgamento ocorreu na cidade de Fort Worth, no Texas. Crawley, de 53 anos, era treinador de ginástica na "Sokol Gymnastics", em Fort Worth, onde três garotas reportaram terem sido abusadas por ele durante treinamentos. Ele fugiu, mas foi detido em Indiana.

Posteriormente, outras mulheres procuraram as autoridades e denunciaram outros casos de abuso cometidos por ele nas cidades de Norman e Tulsa, ambas no estado de Oklahoma, onde ele trabalhou na Universidade de Oklahoma e no "Tulsa World of Gymnastics".

Ele terá de cumprir pelo menos 25 anos de prisão antes de ficar elegível para liberdade condicional. Além da condenação que já recebeu, Skipper Crawley ainda terá de responder por outras 10 acusações de abuso sexual infantil registradas em Tulsa, mas este julgamento ainda não tem data.

Esporte