PUBLICIDADE
Topo

Pan 2019

Pan começa com muito frio, pouco público e obras ao redor de instalações

Frio afasta público da abertura do vôlei de praia no Pan de Lima-2019 - Alexandre Loureiro/COB
Frio afasta público da abertura do vôlei de praia no Pan de Lima-2019 Imagem: Alexandre Loureiro/COB

Demétrio Vecchioli

Do UOL, em Lima (Peru)

24/07/2019 19h40

Por mais que a animadora tente, é difícil empolgar o público que pagou de 20 a 30 soles (R$ 22 a R$ 33) para ver as primeiras partidas dos Jogos Pan-Americanos de Lima. O termômetro aponta 14º C, mas a sensação térmica é muito menor, mesmo que a arena do vôlei de praia esteja apenas a cerca de 100 metros do mar. Até quem saiu de casa com três camadas de roupa passava frio na arquibancada, enquanto a dupla masculina do Peru perdia para o time da República Dominicana.

As competições de vôlei de praia são realizadas em uma estrutura provisória montada na chamada Costa Verde, na larga faixa de areia grossa que separa o mar de uma avenida costeira. A instalação, que ganhou o nome de Costa Verde San Miguel, inclui também uma pista de patinação de velocidade e outra de ciclismo BMX, essas permanentes - fazem parte do "legado pan-americano de Lima".

Para facilitar o acesso, a Prefeitura da capital peruana gastou mais de R$ 350 milhões em obras viárias só nesta região. Mas nem tudo está pronto ainda. Do lado de fora da instalação, onde a responsabilidade ainda é das autoridades municipais, pequenas obras estão em andamento. Os pintores ainda passam mais uma demão de tinta nos pontos de ônibus. Muitas pedras estão amontoadas para serem espalhadas sobre a areia.

Cobertas, Carla Horta e Ângela vencem dupla das Ilhas Virgens na estreia - Alexandre Loureiro/COB - Alexandre Loureiro/COB
Imagem: Alexandre Loureiro/COB

Só do lado de fora são mais de 30 pessoas com o casaco da organização, além de diversos policias. Dentro, ao menos nesta quarta-feira, tudo parecia no lugar em uma estrutura complexa, na qual as tendas são contadas às dezenas. Atletas e torcedores disseram que não tinham do que reclamar. Exceto, claro, do frio.

Nos dois jogos que fecharam a rodada, ambos com a presença de duplas peruanas, não havia mais do que 150 torcedores nas arquibancadas. Tal como no Circuito Mundial ou na Olimpíada, uma animadora aborda os torcedores e pede para eles interagirem durante jogos. As brincadeiras envolvem instruções como: "Imite o smile que sair na roleta". O nível das partidas, porém, passa longe do que se vê nas competições brasileiras. O desempenho só deve melhorar a partir de domingo, quando as piores duplas já estarão eliminadas. Até lá, a expectativa é que as coisas esquentem. Literalmente também.