PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Golfista de 28 anos é encontrado morto em hotel durante torneio na China

Em nota, PGA Tour diz que indicações apontam para morte natural de Arie Irawan (foto) -
Em nota, PGA Tour diz que indicações apontam para morte natural de Arie Irawan (foto)

Do UOL, em São Paulo

08/04/2019 18h32

O golfista malaio Arie Irawan, de 28 anos, foi encontrado morto na manhã de ontem em um hotel na cidade de Sanya (China). A informação foi divulgada no mesmo dia pelo site da Associação dos Golfistas Profissionais (PGA).

Segundo a própria PGA, indicações iniciais apontam que Irawan morreu de causas naturais. O resultado da autópsia do corpo do atleta, que disputava uma etapa do PGA Tour China em Sanya, ainda não foi divulgado.

O malaio estava hospedado em um quarto com o norte-americano Kevin Techakanokboon, que já havia acordado para as disputas do domingo. Ao perceber que o colega de quarto não respondia aos chamados para despertar, chamou outro jogador. O golfista norte-americano Shotaro Ban apareceu para o socorro e imediatamente deu início a manobras de ressuscitação.

Equipes médicas compareceram ao local para dar sequência ao socorro. No entanto, após 45 minutos de tentativas, foi anunciada a morte de Arie Irawan.

"Esta é uma terrível tragédia que afeta a todos nós, que somos parte de uma família muito próxima aqui na China", disse Greg Carlson, diretor executivo da PGA Tour China, em comunicado.

"Arie jogou conosco em 2018, seu primeiro ano no Tour, e eu sei que ele estava empolgado sobre sua temporada, uma vez que continuava a perseguir suas metas no golfe. Estamos incrivelmente tristes com as notícias", completou, estendendo suas condolências à família do atleta.

Esporte