PUBLICIDADE
Topo

Messi exalta Scola após despedida de ídolo do basquete: 'Referência'

Scola fez seu último jogo pela seleção argentina de basquete nas Olimpíadas de Tóquio - Meng Yongmin
Scola fez seu último jogo pela seleção argentina de basquete nas Olimpíadas de Tóquio Imagem: Meng Yongmin

Do UOL, em São Paulo

03/08/2021 17h53

A derrota da seleção argentina para a Austrália no basquete, por 97 a 59, marcou não somente a eliminação da equipe das Olimpíadas, mas também a aposentadoria de Luis Scola, um dos maiores jogadores da história do país na modalidade.

Nada mais justo que Messi, outro ídolo e símbolo do esporte argentino, parabenizasse - e agradecesse - o campeão olímpico de Atenas 2004 pela trajetória defendendo o basquete do país.

"Sua carreira impressionante fez de você uma grande referência para o esporte argentino e para o mundo inteiro. Obrigada", escreveu o craque.

Além da medalha de ouro na Grécia, Scola foi medalha de bronze em Pequim-2008, e tem dois vice-campeonatos mundiais. Um nos Estados Unidos, 2002, e na China, em 2019.

Após a partida, válida pelas quartas de final, Scola foi aplaudido por todos os presentes, incluindo jogadores e comissão técnica australianos, por cerca de dois minutos. Emocionado, ele segurou as lágrimas ao cumprimentar os companheiros de equipe e adversários.