PUBLICIDADE
Topo

Booker tem a companhia do ídolo Kobe Bryant na campanha dos EUA em Tóquio

Devin Booker é um dos titulares da seleção americana de basquete - Stephen Gosling/NBAE via Getty Images
Devin Booker é um dos titulares da seleção americana de basquete Imagem: Stephen Gosling/NBAE via Getty Images

Leonardo Parrela

Colaboração para o UOL, em Belo Horizonte

05/08/2021 14h00

Devin Booker foi um dos destaques da vitória norte-americana diante da Austrália nas semifinais do basquete disputada nesta quinta (5), com 20 pontos marcados no confronto que levou os EUA à mais uma final olímpica. Mas um detalhe chamou a atenção: Booker usou no tênis usou a mensagem que seu ídolo Kobe Bryant, morto num acidente em 2020, lhe disse após o último confronto entre eles: "seja lendário".

A história de Devin Booker com Kobe Bryant começou com a admiração. Ele nasceu em 1996, mesmo ano em que Kobe iniciou sua carreira na NBA. Booker jamais escondeu que via em Bryant um ídolo. Curiosamente, os dois compartilham algumas semelhanças: são filhos de ex-jogadores da NBA, foram selecionados na mesma escolha no draft da NBA (13), jogam na mesma posição (ala-armador) e têm a mesma altura (1,96m).

Um momento especial aconteceu em 2016, após a última partida disputada entre Los Angeles Lakers x Phoenix Suns. Era o ano de despedida de Bryant da NBA e o primeiro ano de Booker. Após o jogo, Kobe foi até o vestiário onde Booker estava e os dois conversaram por cerca de 15 minutos.

Segundo o então novato, a conversa foi resumida em conselhos sobre como atuar e sempre ser determinado na busca pelos seus objetivos. Após o encontro, Booker ganhou um par de tênis autografados pelos seu ídolo com a mensagem: "be legendary" (seja lendário).

booker presente kobe - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Booker compartilhou o presente que recebeu do seu ídolo
Imagem: Reprodução/Instagram

Booker já rechaçou qualquer tipo de comparação com o ídolo. "Tento tirar algumas partes da mentalidade dele, a sua abordagem, mas eu nunca deveria ser comparado a Kobe", disse.

Não é incomum, desde então, ver a mensagem destacada nos tênis que Devin Booker usa dentro de quadra. Em 2020, após a morte do ídolo, Booker tatuou a frase em seu antebraço, dizendo que é algo que ele quer honrar ao longo da vida

Na sexta-feira (6), às 23h30 (de Brasília), Devin Booker buscará o primeiro ouro olímpico, título que Kobe conquistou duas vezes (Pequim-2008 e Londres-2012).