PUBLICIDADE
Topo

França vence a Eslovênia por um ponto e está na final das Olimpíadas

Luka Doncic vai pra cima da marcação de Evan Fournier na partida entre França e Eslovênia nos Jogos Olímpicos de Tóquio - Kevin C, Cox/Getty Images
Luka Doncic vai pra cima da marcação de Evan Fournier na partida entre França e Eslovênia nos Jogos Olímpicos de Tóquio Imagem: Kevin C, Cox/Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo

05/08/2021 09h54

A França venceu a Eslovênia por 90 a 89 nesta quinta-feira, 5, mostrando poder de reação, e avançou à final do basquete masculino nas Olimpíadas de Tóquio-2020, buscando o quarto título seguido. Os franceses vão enfrentar os Estados Unidos na disputa pelo ouro dos Jogos.

O cestinha do jogo foi Nando de Colo, com 25 pontos, e logo em seguida vem Evan Fournier, com 23. Do lado esloveno, Luka Doncic conseguiu um triplo duplo - 16 pontos, 18 assistências e 10 rebotes.

A final será disputada no sábado, 7, às 23h30 (de Brasília). Os franceses estão atrás de uma conquista histórica para o país, mas para isso terão que vencer os maiores campeões do basquete masculino. As duas seleções já fizeram duas finais olímpicas, mas com os EUA saindo com a vitória em ambas as ocasiões - 1948 e 2000.

Já a Eslovênia disputará a medalha de bronze contra a Austrália às 8h (horário de Brasília) deste sábado (7).

A semifinal

O começo da partida foi muito acirrado e nenhuma das equipes conseguiu colocar uma diferença grande no placar. Mas, neste momento, Luka Doncic mostrou que é acima da média e marcou oito pontos seguidos. A Eslovênia abriu 29 a 27.

O segundo quarto continuou muito disputado, mas com um placar menos elástico. As duas seleções demonstraram muita vontade, mas o placar ficou igual durante boa parte da etapa. Apenas no final a Eslovênia conseguiu abrir dois pontos (44 a 42) e levou essa vantagem para o intervalo.

Na terceira etapa, a França voltou melhor e conseguiu impor seu jogo. Com a ajuda de Nando de Colo, o time francês converteu duas bolas de três em sequência e virou o placar, abrindo 60 a 52. Os franceses jogaram a pressão para o lado esloveno ao fechar o quarto com seis pontos de vantagem - 71 a 65.

Na reta final, a Eslovênia voltou querendo reverter o placar, mas a França se impôs e, mesmo com uma vantagem menor, conseguiu se manter à frente. Com a vitória de 90 a 89, os vão à final das Olimpíadas despachando a Eslovênia, que agora joga pelo bronze.

Tocaço de Batum garante vitória da França

A vitória da França foi garantida de maneira emocionante no último lance do jogo. O placar já anotava 90 a 89 para os franceses, mas a Eslovênia tinha a posse de bola quando Prepelic recebeu um passe, invadiu o garrafão e, faltando dois segundos para o término do duelo, partiu para uma bandeja, mas no meio do trajeto, Batum surgiu como uma verdadeira muralha e deu um tocaço, impedindo a cesta do adversário e garantindo seu país na final das Olimpíadas após 21 anos.