PUBLICIDADE
Topo

Rafael Buzacarini perde no judô até 100kg e está eliminado das Olimpíadas

Rafael Buzacarini foi derrotado no judô na categoria até 100 kg e está eliminado das Olimpíadas de Tóquio-2020 - Reprodução/COB
Rafael Buzacarini foi derrotado no judô na categoria até 100 kg e está eliminado das Olimpíadas de Tóquio-2020 Imagem: Reprodução/COB

Colaobração para o UOL, em São Paulo

28/07/2021 23h51

O judoca brasileiro Rafael Buzacarini não teve a participação esperada nas Olimpíadas de Tóquio. No fim da noite desta quarta-feira (início de quinta no Japão), o paulista de 29 anos foi derrotado por Toma Nikiforov, da Bélgica, na categoria até 100kg. Com o revés na primeira luta, ele está eliminado dos Jogos.

Em determinado momento da luta, o paulista percebeu que o adversário, atual campeão europeu da categoria, demonstrava sinais de cansaço. Contudo, não o suficiente para se entregar.

"Eu já tinha enfrentado ele [Nikiforov]. Minha estratégia era deixar a lutar seguir, ir longe, eu tinha recurso, tinha físico e estava preparado para ir longe. Na luta, eu até senti que ele estava cansando, mas foi um momento ali que eu acabei errando, andando para cima e ele acertou um golpe", contou o judoca.

"Tive que abrir no final da luta e acabei perdendo. Difícil. Foram cinco anos treinando, mesmo dentro das adversidades, treinando para chegar, mesmo que fossem dez minutos, e eu aguentar. Queria sair com a medalha", acrescentou.

A luta começou com grande iniciativa de Nikiforov, que a todo momento buscava combate. Rafael começou na defensiva, recebendo uma punição por falta de combatividade.

Após isso, Rafael começou a buscar mais o embate, mas sem a efetividade necessária. A luta continuou muito parelha, mas Nikiforov levou a melhor conseguindo um wazari faltando menos de 40 segundos para o fim do tempo regulamentar.

Trajetória

Fã de Carlos Honorato, Aurélio Miguel e Kosei inoue, Buzacarini se via na melhor forma da carreira. Apelidado de "bolo cru" pelos amigos, logo que chegou a São Caetano do Sul, há 11 anos, ele transformou o corpo e também evoluiu bastante como atleta. A brincadeira aconteceu por causa da aparência do judoca: loiro, branco e pesando 120kg naquela época, ele, para os companheiros de equipes, parecia uma massa antes de ser levada ao forno.

Esta foi a segunda edição de Jogos Olímpicos disputada pelo atleta, nascido em Barra Bonita, interior de São Paulo. Ele também disputou a edição realizada no Rio de Janeiro.

Principais conquistas de Buzacarini

- Prata no Grand Slam de Brasília 2019
- Bronze no Grand Prix de Tel Aviv 2019
- Prata no Grand Prix Antalya 2019
- Prata no Grand Prix Tbilisi 2019
- Prata no Grand Prix Almaty 2016
- Prata no Grand Prix Samsun 2016
- Prata no Grand Slam Paris 2015
- Bronze no Campeonato Pan-Americano 2014
- Bronze no Grand Prix Dusseldorf 2014
- Bronze no Grand Prix Qingdao 2013