PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Tyson: "Eu quero lutar de dois em dois meses. Nunca me senti velho"

Imagens da volta de Mike Tyson ao boxe

Do UOL, em São Paulo

30/11/2020 04h00

Mike Tyson levou 15 anos para voltar aos ringues, mas a espera por uma segunda luta deve durar pouco. Segundo a previsão do próprio lutador de 54 anos, a ideia é ter um 2021 com a agenda cheia, com exibições a cada dois meses. As declarações foram dadas depois da exibição com Roy Jones Jr., em Los Angeles, no último sábado (28).

"Eu quero lutar de dois em dois meses. Nunca me senti velho, sempre tive energia", disse Tyson em entrevista coletiva concedida minutos depois do retorno.

"Eu gosto de pressão. Eu sempre me supero e foi o que aconteceu. Fizemos um planejamento, seguimos e atingimos nosso objetivo", completou o ex-campeão dos pesos pesados, que perdeu 40 kg nos últimos meses e se apresentou com pouco menos de 100 kg.

Na luta de exibição contra Roy Jones Jr., Tyson partiu para cima do rival desde o início do combate. A luta de oito rounds chegou a surpreender os fãs, com os atletas em boa forma para seus mais de 50 anos (Tyson tem 54 anos e Jones, 51).

Ao final da disputa, Tyson teve clara vantagem. Nenhum vencedor foi anunciado, como previamente estipulado pela Comissão Atlética da Califórnia. Vale lembrar que os rounds tiveram dois minutos de duração.

"Estou feliz com o empate. Achei que venci, mas estou feliz pois animamos os fãs. Estou acostumado com rounds de três minutos, mas estou feliz em ter concluído isso. Vou continuar", disse Tyson.

Esporte