PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Rio de Janeiro é descartado, e Mundial de Clubes pode voltar aos Emirados Árabes

22/09/2021 14h14


Candidato a receber o Mundial de Clubes de 2021, o Rio de Janeiro está descartado pela Fifa para sediar o torneio. De acordo com informações do "ge", os Emirados Árabes, palco da competição em outras quatro oportunidades (2009, 2010, 2017 e 2018), despontam como favoritos a receber o campeonato.


Ainda segundo o portal, o Brasil não apresentou a candidatura de maneira oficial, apenas em conversas informais com a Fifa. Por outro lado, porém, Emirados Árabes e África do Sul apresentaram projeto à entidade máxima do futebol para receber a competição. O "ge" ainda diz que o Mundial de Clubes deverá ser disputado somente entre janeiro e fevereiro de 2022.

+ Veja a tabela, os jogos e o chaveamento da Libertadores

Na última terça-feira, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, afirmou em uma live que tinha o interesse na realização do torneio de clubes na cidade. Na última semana, o secretário de Fazenda e de Planejamento do Rio de Janeiro, Pedro Paulo (DEM), também havia falado sobre o tema.

A princípio, o Mundial de Clubes de 2021 seria disputado no Japão, mas o país asiático desistiu da candidatura por conta da pandemia da Covid-19. Sem poder contar com público, assim como foi nas Olimpíadas e Paralimpíadas, a Associação Japonesa de Futebol (JFA) informou à Fifa que não tinha condições de abrigar a competição.

VAGAS PARA O MUNDIAL DE CLUBES

Até o momento, apenas três das sete equipes do Mundial de Clubes estão confirmadas: Chelsea- ING (campeão europeu), Al-Ahly-EGI (campeão africano) e Auckland City-NZL (nomeado pela Confederação da Oceania).

Na América do Sul, Atlético Mineiro, Barcelona de Guayaquil-EQU, Flamengo e Palmeiras estão nas semifinais da Libertadores. Um deles será o representante da Conmebol.

+ Inscrições do Brasileirão terminam nesta sexta! Veja quem seu time do coração ainda poderia tentar contratar

Na Liga dos Campeões da Concacaf, entidade que rege o futebol da América do Norte, América Central e Caribe, o torneio também está nas semifinais. Os representantes são: Monterrey-MEX e Cruz Azul-MEX e América-MEX e Philadelphia Union-EUA do outro.

Na Champions League da Ásia, a competição começará em breve as oitavas de final. A última vaga é dada pela Fifa ao campeão nacional do país sede.

Futebol