PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Mãe se emociona com conquista de Alison e profetiza: 'É ouro em Paris'

03/08/2021 05h04


Medalha de bronze nos 400m com barreira, o brasileiro Alison dos Santos quebrou o recorde sul-americano com tempo de 46s72. No entanto, o grande destaque da prova foi o norueguês Karsten Warholm, que ultrapassou o recorde mundial, correndo para 45s94.

+ Veja a tabela do futebol olímpico!

- A primeira coisa que me veio a cabeça é que nós somos medalhistas olímpicos. Eu não estou aqui só por mim, eu corro por outras pessoas também: meu treinador, minha família, patrocinadores que me ajudaram, além de todo mundo que gritou e torceu por mim - disse o atleta, após a prova.

A família de 'Piu' se reuniu direto de São João da Barra, a 380km de São Paulo, para assistir a prova e comemorar o feito do velocista. A mãe, Sueli Santos, relembrou o acidente sofrido pelo filho enquanto criança, com óleo quente, o que resultou na marca que 'Piu' carrega na cabeça.

- Ele sofreu quando era pequeno, ele escolheu o caminho dele, sempre quis atletismo. É mérito dele, foi atrás do sonho e conseguiu. Ele é nosso "porto seguro", nossa inspiração, para as meninas, pra mim, para todos nós. Os amigos que falam para mim que é inspiração para eles, mães dizem que filhos seguriam o exemplo dele e estão bem hoje - desabafou Sueli.

- Como ele está indo, acho que daqui três anos é ouro em Paris. Ele está indo muito rápido, cada dia mais rápido. (Quando ele chegar) vou correr e pulo no colo dele, o que eu sempee faço, ele é grandão, ele pega e me joga lá em cima. Morrendo de saudade do meu filho - comemorou Sueli.

Futebol