PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Marca de quimono assina com promessa do Jiu-Jitsu: 'Fenômeno'

24/06/2021 18h41


Com um currículo vitorioso no Jiu-Jitsu, o faixa-preta Eli Braz assinou contrato com a marca de quimonos Vouk. O lutador tem como um dos principais feitos na faixa-colorida títulos em edições do Grand Slam da AJP no Rio, Abu Dhabi e Londres. Além disso, tem triunfos no MMA e comentou sobre esse acordo.

- Procuro trabalhar a minha imagem como atleta com as mesmas ideias que eu levo na minha vida. Não sou perfeito, mas procuro ser o melhor exemplo para as pessoas dentro e fora do tatame. A Vouk é uma empresa séria, que apoia o Jiu-Jitsu e o esporte, e acho que eles gostaram do meu trabalho, o que me deixou muito feliz. Agora é retribuir à altura - apontou o lutador da Team Crezio, que está no primeiro ano como faixa-preta.

CEO da Vouk, empresa que vem crescendo e ampliando cada vez mais suas ações no Jiu-Jitsu, Gabriel Teixeira também comentou sobre a parceria iniciada com Eli. O empresário destacou o talento do atleta.

- A parceria surgiu de tanto que ouvi falarem desse fenômeno que vem dando muito trabalho desde as faixas coloridas. Resolvi, então, acompanhar um pouco da rotina de treinos físicos e técnicos dele feitos pelo Fábio e Cléo Tezzei e pelo mestre Crezio. Realmente, ele superou todas as minhas expectativas. Eu nunca vi alguém mesclar tão bem técnicas de Jiu-Jitsu e Wrestling sem falar na força e no gás - apontou o empresário.

Futebol