PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Apesar dos desfalques, Fluminense? mostra a força do grupo e tem o quarto melhor ataque do Brasileirão

25/11/2020 09h00

Apesar dos desfalques, o Fluminense venceu o Internacional em pleno Beira-Rio por 2 a 1 e voltou a figurar entre os seis primeiros colocados do Brasileirão. Com isso, a boa campanha do Tricolor das Laranjeiras reforça a força do grupo dirigido por Odair Hellmann, que é o quarto melhor ataque da competição com 17 jogadores diferentes balançando as redes.

+Confira a classificação do Campeonato Brasileiro

- Agradeço e tenho orgulho do grupo que trabalho. Aqui não focamos nos problemas e sim nas soluções. Quando se perde jogadores, fica sem opções na relação de variação. Mas outros jogadores têm entrado e dado respostas positivas. O André entrou muito bem hoje (domingo). Parabéns ao grupo. Nós todos estamos focando na solução e não ficar lamentando. Aqui não olhamos para lamentação. Buscamos soluções para seguir caminhando - exaltou Odair.

Ao todo já são 31 gols em 22 partidas, ficando atrás apenas de Internacional, Flamengo e Atlético-MG. Nenê é o artilheiro do time na competição com sete gols marcados, seguido por Evanílson, que deixou o clube, e Fred, Digão, Nino, Wellington Silva e Caio Paulista com 2. Com um tento, Dodi, Felippe Cardoso, Ganso, Michel Araújo, Yago Felipe, Lucca, Luccas Claro, Luiz Henrique, Marcos Paulo e Danilo Barcelos completam a lista de artilheiros da equipe.

Com uma tabela complicada neste início da returno, o time conseguiu se recuperar das derrotas para Grêmio e Palmeiras, e quebrou o jejum de não vencer o Colorado fora de casa há oito anos. O resultado positivo deixou o clube carioca com 35 pontos, apenas quatro de diferença para os líderes e com três jogos seguidos em casa nas próximas rodadas.

Para o duelo com o RB Bragantino, agendado para a próxima segunda, às 20h (de Brasília), no Maracanã, Odair ainda não poderá contar com alguns atletas. A tendência é que Egídio, Nino, Hudson e Michel Araújo, que estão com Covid-19, não estejam à disposição do treinador. Além deles, Yago Felipe teve uma lesão no ligamento colateral medial do joelho direito e será reavaliada em breve.

Por outro, o peruano Fernando Pacheco já cumpriu o período de dez dias exigidos pelo protocolo da CBF e deve retornar ao treinos com o grupo nesta quarta-feira. O experiente Fred, que trata uma entorse no tornozelo, e o lateral-direito Igor Julião, que não atuou contra o Internacional por causa de dores musculares, podem reforçar a equipe até segunda.

Cabe salientar, que o Fluminense foi precocemente eliminado das Copas do Brasil e Sul-Americana e só terá jogos nos finais de semana/segunda até meados de janeiro. Diante disso, a comissão técnica terá tempo livre para treinar e tentar recuperar seus jogadores durante a semana.

Futebol