Topo

Futebol


Cagliari e Hellas Verona são absolvidos após insultos racistas

17/09/2019 15h05

O Campeonato Italiano está apenas em sua terceira rodada, mas os já conhecidos e habituais insultos racistas das torcidas já foram motivo de indignação. Nesta terça-feira, a Federação de Futebol da Itália considerou Cagliari e Hellas Verona inocentes dos casos de injúria racial por parte de suas torcidas, contra Lukaku e Kessié, da Inter de Milão e Milan, respectivamente.

O Cagliari, que já havia sido indiciado por insultos racistas de sua torcida na temporada passada contra o jovem Moise Kean, na época jogador da Juventus, foi novamente indiciado por insultos da torcida em direção a Lukaku, no jogo da segunda rodada contra a Inter de Milão.

Já na terceira rodada, foi a vez da torcida do Hellas Verona ser racista e disparar insultos ao meio-campista Kessié, do Milan, com vaias e sons de macaco a cada vez que o jogador tocava na bola. No entanto, o perfil do Hellas no Twitter 'desmentiu' os insultos racistas por parte de sua torcida.

- Nós vaiamos Kessié? Insultamos Donnarumma? Talvez alguém tenha ficado atordoado com os decibéis dos torcedores Gialloblù (como são conhecidos os torcedores do Hellas). As vaias, inevitavelmente, foram para as decisões da arbitragem, que ainda nos deixam perplexos. Em seguida, vários aplausos para os nossos "gladiadores" no fim do jogo. Nós não nos encaixamos nesses estereótipos. Respeitem o Verona e o povo de Verona - disse o clube na rede social.

No último final de semana, o jornalista Luciano Passarani foi demitido de uma das emissoras de TV da Itália após fazer um comentário racista sobre Lukaku ao vivo.

- Lukaku é um dos jogadores mais fortes, eu gosto dele porque ele tem força. É o alter ego de (Duvan) Zapata, da Atalanta. Eles têm algo a mais que os outros, não há o que fazer. Eles marcam gols e levam seus times adiante. Se você for no um contra um, ele vai te matar. Para pará-lo, você tem que jogar 10 bananas para ele comer - falou o comentarista, afastado por tempo indeterminado logo depois.

Mais Futebol