Topo

Futebol


Gabigol diz que sonhou com Seleção e fala em 'curtir os últimos jogos'

17/08/2019 21h48

Gabriel Barbosa, o Gabigol, vive lua de mel com a torcida do Flamengo. Na goleada rubro-negra sobre o Vasco, por 4 a 1, neste sábado, o atacante deixou sua marca mais uma vez - chegando ao 23º gol em 2019. Emprestado pela Inter de Milão ao clube Gávea até o fim do ano, o camisa 9 ainda não sabe se permanece, mas não escondeu o sentimento pela equipe carioca.

- Sempre falei que eu fico fora disso e foco no campo. Sinto o carinho da torcida em todos os lugares que eu vou, pedindo pra eu ficar. Ainda não houve conversas entre os clubes. Eu respeito meu contrato com a Inter (de Milão). Obviamente o Flamengo está ganhando meu coração, mas não dá pra falar nada sobre isso ainda. Agora é curtir esses 'últimos jogos' e depois a gente resolve - disse.

Na melhor fase da carreira, Gabriel era um dos favoritos do elenco rubro-negro a aparecer na lista de Tite - que convocou a Seleção para amistosos, na última sexta-feira. O treinador, porém, chamou apenas um jogador por clube brasileiro, 'vaga' que, no Flamengo, ficou com Bruno Henrique. O jogador admitiu o sonho pela convocação, mas parabenizou o companheiro.

Obviamente, pelo que venho fazendo, eu sonhava, mas não foi dessa vez. Tenho que trabalhar, continuar fazendo gols, me mantendo como artilheiro, que vai acontecer. Mas estou muito feliz pelo Bruno, ele merece. Sofreu muito no Santos, pela lesão no olho, e merece muito.

Gabigol ainda projetou o duelo entre Flamengo e Internacional, que começam a decidir, na próxima quarta-feira, as quartas de final da Copa Libertadores.

- Chegamos feliz e confiantes. Claro que é outro jogo, são duas partidas, nada se decide na primeira, mas podemos dar um grande passo. Sabemos que a torcida vai comparecer como sempre.

Mais Futebol